CELEBRIDADES

7 turnês espetaculares que quase aconteceram, mas o mundo nunca viu

Author

Você sabe bem como essas coisas (não) acontecem. Alguém de uma banda levanta uma hipótese, revistas e sites especializados fazem aquilo bombar, os fãs ficam loucos e, de repente, existe uma possibilidade real de uma turnê ou um show lendário. Depois, por qualquer motivo, os planos vão por água abaixo. Foi isso que aconteceu com essas turnês espetaculares que nunca saíram do papel…

1. Michael Jackson (2009-10)

7 turnês espetaculares que quase aconteceram, mas o mundo nunca viu

Seriam 10 shows na Arena O2, em Londres. Eram para ser suas primeiras apresentações ao vivo desde 1997. O mundo inteiro esperava. E esperava tanto que o número de shows aumentou para 50 em pouco tempo. Todos em Londres, em épocas diferentes de 2009 e 2010. Seriam espetáculos cheios de efeitos especiais. O primeiro show seria no dia 8 de julho. Michael Jackson morreu em 25 de junho, e o mundo teve de se consolar com o documentário This is It, que dá um gostinho de quão gigante seria aquela série de shows.

2. Guns ’N Roses e N.W.A. (1991)

7 turnês espetaculares que quase aconteceram, mas o mundo nunca viu

Duas bandas envolvidas em controvérsias de todo tipo. Uma de rock, outra de rap. Uma fã da outra. Axl Rose usava bonés da NWA nos shows. O grupo de Compton deu a uma de suas músicas o mesmo nome de um álbum do Guns - “Appetite for Destruction”. Os integrantes até apareciam juntos em churrascos. Até que alguma mente brilhante somou 2 e 2 e decidiu que seria uma boa realizar alguns shows conjuntos. Os fãs piraram com a ideia. A coisa só não foi adiante porque, segundo DJ Yella, da NWA, o empresário deles foi ganancioso e pediu um valor alto demais.

3. Kanye West e Lady Gaga (2009)

7 turnês espetaculares que quase aconteceram, mas o mundo nunca viu

Foi “o” assunto do verão americano de 2009. Uma turnê conjunta com Kanye e Gaga, com os dois ocupando extremidades diferentes de um mesmo palco ao mesmo tempo. A série épica de shows já tinha datas, locais e tudo mais. Começaria em novembro, em Phoenix. O problema é que em setembro, 12 dias antes do início das vendas de ingressos, Kanye aprontou aquela cena interrompendo o discurso da Taylor Swift nos VMAs da MTV. A repercussão foi gigante, e Gaga disse que eles resolveram cancelar a turnê em uma “decisão mútua”.

4. Madonna e Prince

7 turnês espetaculares que quase aconteceram, mas o mundo nunca viu

O empresário de Madonna jogou a ideia aos dois. Ela adorou. Chamaria “The Royalty Tour”, ou “Turnê da Realeza”, com a rainha e o Prince. Só que ele não embarcou. Disse que o mundo não estava pronto para aquilo. “Seria grande demais”. Pena.

5. Beastie Boys e Rage Against The Machine (2000)

7 turnês espetaculares que quase aconteceram, mas o mundo nunca viu

A turnê “Rhyme and Reason” deveria ter, além das bandas, aberturas de gente como Green Day, Busta Rhymes e Common, mas Mike D, dos Beastie Boys, sofreu um acidente de bicicleta e lesionou o ombro pouco antes dos shows. A turnê foi adiada e, mais tarde, cancelada. Um mês depois, o vocalista Zack de la Rocha anunciou sua saída do Rage Against The Machine.

6. Kanye West e Rihanna (2014-15)

7 turnês espetaculares que quase aconteceram, mas o mundo nunca viu

Olha ele aqui de novo! Essa turnê nunca foi anunciada oficialmente, mas os boatos voaram em 2014 e 2015. Rihanna tweetou sobre um prêmio para uma “Kanye West Tour Experience”, a Ticketmaster listou shows de “Kanye/Rihanna”, e os dois até colaboraram em uma música de Paul McCartney. Só que não saiu nada. Há quem diga que Rihanna desistiu por causa de sua aversão a Kim Kardashian, mas tudo continua no reino dos boatos.

7. The Supremes (2000)

7 turnês espetaculares que quase aconteceram, mas o mundo nunca viu

A maior girl band de Motown se reuniria no início dos anos 2000, mas a turnê “Return To Love” não saiu do papel. A ideia seria Diana Ross se juntando com Mary Wilson e Cindy Birdsong para cantar apenas músicas das Supremes. O problema é que Wilson e Birdsong desistiram quando as negociações caminhavam para Diana Ross ganhando muito mais dinheiro do que elas. No fim das contas, Ross saiu em turnê com Scherrie Payne e Lynda Laurence, outras ex-Supremes, mas os ingressos estavam caríssimos, e as arenas ficaram quase vazias. A turnê foi cancelada antes de sua metade.