CIÊNCIA

A 'cerveja espacial' pode ficar pronta muito antes do que a gente esperava

Author

Em março de 2017, a gigante cervejaria americana Budweiser anunciou para o mundo inteiro que tinha a intenção de produzir uma cerveja no espaço para que, um dia, ela fosse bebida em Marte. Tinha cara obra de ficção científica, mas agora, seis meses depois, parece que a meta vai ser alcançada antes do que muita gente imaginava.

A 'cerveja espacial' pode ficar pronta muito antes do que a gente esperava

(Imagem via Pixabay)

O primeiro passo para isso será levar cevada ao espaço, o que já vai acontecer agora, em dezembro. Isso porque a Budweiser fez uma parceria com o CASIS (Centro pelo Avanço da Ciência no Espaço), que gerencia o Laboratório Nacional dos EUA na Estação Espacial Internacional, e com a Space Tango, uma empresa que opera duas instalações de pesquisa dentro do Laboratório Nacional.

Juntos, os grupos vão começar as experiências com a ajuda do SpaceX. Será na missão CRS-13 do SpaceX que 20 sementes de cevada serão levadas até a Estação Espacial Internacional.

A cevada da Budweiser vai ficar em órbita por cerca de um mês antes de ser trazida de volta à Terra para análise. Os resultados serão a base das próximas pesquisas da cervejaria. Porque, afinal de contas, não adianta chegar a Marte se não houver cerveja para comemorar…