CIDADES

Essa cidade resolveu seu problema de mosquitos com um campeonato mundial

Author

A cada verão, a cidade de Overtornea, na Suécia, se vê infestada de mosquitos. Não é fácil. A prefeitura pediu autorização para usar pesticidas - algo como aquele fumacê que já usaram aqui no Brasil contra o mosquito da dengue. O problema é que a justiça de lá não autorizou. E foi aí que alguém teve uma ideia genial: um campeonato mundial.

Essa cidade resolveu seu problema de mosquitos com um campeonato mundial

Sim, um campeonato mundial de caça ao mosquito. As regras são simples. Os participantes são levados até a área de competição, que nada mais é do que um pedaço de floresta lotado de mosquitos (vide foto abaixo). Depois disso, cada pessoa tem 15 minutos para fazer o que quiser. Alguns correm atrás dos insetos. Outros, esperam que os mosquitos venham atrás de picadas. Quem matar mais pestes nesse período de tempo é declarado campeão.

O curioso é que muitos participantes ficam sem tomar banho e já chegam suados para a competição. Há também quem prefira o velho truque de usar roupas pretas para atrair os mosquitos. Vale de tudo. Este ano, o campeão recebeu o equivalente a cerca de R$ 3.500, além de uma armadilha para mosquitos.

Essa cidade resolveu seu problema de mosquitos com um campeonato mundial

O campeonato mundial de caça ao mosquito teve sua primeira edição em 2015, mas a cidade de Overtornea já fez dele um evento anual. Em 2016, cerca de 600 insetos foram mortos durante a competição. Só não se sabe ao certo se essa turma toda que participa toma um bom chuveiro depois. Se não, talvez a Suécia acabe precisando sediar um campeonato mundial de ensaboamento de humanos…