GAMES

FIFA 18 teve outra atualização que complica ainda mais a vida dos atacantes

Author

FIFA 18 é, certamente, uma das edições mais polêmicas do game de futebol mais vendido no mundo. Depois do lançamento, a EA Sports já soltou algumas atualizações que alteraram bastante o jeito de se jogar. A penúltima delas até causou revolta entre gamers porque dificultou a vida dos atacantes. E a última, que acaba de sair, promete complicar mais ainda.

FIFA 18 teve outra atualização que complica ainda mais a vida dos atacantes

Houve até site especializado que escreveu sobre o novo patch com a manchete “gols não são mais permitidos”, como o Gamespot. Mas também não é para esse drama todo. Vejamos abaixo as principais alterações do chamado “Title Update 3”, que já está disponível para PC e Playstation 4. 

1. Passes

Definitivamente, foi a mudança mais significativa. Ficou mais difícil dar os passes “cegos”, ou seja, aqueles que o jogador faz para onde ele não está virado. Esses passes, agora, saem mais fracos e menos precisos. Segundo a EA, a diferença mais perceptível será nos passes entre 140 e 220 graus (considerando que 0 grau é a direção para onde o jogador está virado).

2. Goleiro

Dificulta a vida dos atacantes. Estava acontecendo com uma certa frequência de os goleiros espalmarem a bola para dentro dos próprios gols. Isso vai acabar. Outra falha notável era que alguns guarda-redes pulavam cedo demais em algumas bolas. A EA afirmou que também corrigiu isso. Ou seja, não conte com frangos do rival!

3. Chile

Agora, a seleção do Chile terá uniforme oficial, com escudo real e tudo mais que o time tem direito (pena que Alexis Sánchez e companhia estão fora da Copa do Mundo). Sim, adeus à bandeirinha fake da foto abaixo.

FIFA 18 teve outra atualização que complica ainda mais a vida dos atacantes

Fora isso, a EA fez apenas alguns pequenos ajustes na jogabilidade (estava impossível emendar um drible no outro, por exemplo), corrigiu bugs no FIFA Ultimate Team e no modo Carreira, e consertou problemas audiovisuais como o volume da comemoração de Cristiano Ronaldo e falhas no pacote gráfico de transmissão da Bundesliga.

Agora resta saber se a comunidade do futebol virtual vai voltar a reclamar e se finalmente a EA Sports corrigiu todos os bugs de FIFA 18. É esperar para ver…