ESPORTES

Jogador de rúgbi leva juiz a nocaute e chama time inteiro para a briga

Author

Aconteceu na França, durante uma competição JUVENIL de rúgbi. Sim, juvenil. Para atletas com menos de 18 anos. Por isso, chocou todo mundo. Um atleta, após discordar da marcação do árbitro, deu um enorme soco na cara do oficial, que foi a nocaute imediatamente.

Jogador de rúgbi leva juiz a nocaute e chama time inteiro para a briga

E não foi só isso. Enquanto o juiz estava caído no chão, aparentemente inconsciente, o valentão partir para a briga com os atletas que chegavam para tentar acalmá-lo. A cena lembra briga de rua, com uma pessoa disparando socos em todas as direções e gente se agarrando até no chão. Veja o nível da violência no vídeo abaixo:

Por ser um torneio juvenil, o nome do brigão, que jogava no Saint-Esteve, não foi divulgado. O juiz foi levado ao hospital, e a partida, que tinha só 25 minutos de andamento, foi suspensa. Uma comissão disciplinar vai analisar o incidente, e existe a chance de o atleta ser banido para o resto da vida.

O mais chocante de tudo é que o rúgbi é um esporte em que a figura do árbitro é autoridade incontestável. Na modalidade, reclamar de uma marcação é um gesto antiesportivo. Os juízes também são muito educados ao explicar os porquês de suas decisões (sim, é bem diferente do futebol).

“Isto não é futebol”

O famoso vídeo acima dá uma ideia perfeita de relação juiz/atleta em uma partida de rúgbi. O camisa 9 do time gesticula reclamando da marcação, então o juiz Nigel Owens chama ele de lado e, calmamente, explica a regra. Em seguida, diz: “Não acho que a gente se encontrou antes, mas eu sou o árbitro neste campo. Não você. Fique com o seu trabalho, e eu farei o meu. Se eu ouvir você gritando por qualquer motivo de novo, vou punir você. Isto não é futebol. Ficou claro?”