CIÊNCIA

Sauna contra Alzheimer: uma pesquisa finlandesa

Author

Parece loucura, mas é sério. Um estudo pioneiro realizado na Finlândia estabeleceu uma relação entre sauna e demência: homens que vão à sauna várias vezes por semana correm menos risco de sofrer problemas relacionadas à memória.

Sauna contra Alzheimer: uma pesquisa finlandesa

A pesquisa foi realizada ao longo de 20 anos pela Universidade do Leste da Finlândia, com 2 mil finlandeses. O resultado foi bastante significativo: frequentadores de sauna têm 66% a menos de chance de sofrer de demência em comparação com homens que vão à sauna apenas uma vez por semana. 

Até esse estudo, só se sabia que o uso frequente de sauna ajudava a reduzir riscos de sofrer com problemas cardíacos. Agora, acredita-se que as duas coisas têm relação. Segundo o professor finlandês Jari Laukkanen, a sauna abaixa a pressão sanguínea, e isso, por sua vez, ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, o que inclui o funcionamento do cérebro.

Não se sabe com certeza se o mesmo vale para mulheres, já que o estudo só contou com participação de homens. Laukkanen explicou que os homens foram escolhidos como “cobaias” porque correm maior risco de problemas cardíacos do que mulheres.