CURIOSIDADES

Você não vai acreditar no final insano dessa disputa de pênaltis no Catar

Author

Era a definição de uma vaga para o Campeonato Asiático Sub-19, e o Catar jogava em casa contra o Iraque. A partida terminou em 1 a 1, o que forçou a decisão nos pênaltis. Até aí, nada muito diferente do que acontece em competições pelo mundo todo a cada semana. O que aconteceria a partir dali, no entanto, nunca esteve em súmula alguma. Que história sensacional!

Você não vai acreditar no final insano dessa disputa de pênaltis no Catar

(Imagem via YouTube / كورة اونلاين)

Primeiro, o goleiro do Catar, Shehab Mamdouh, deu a classificação ao seu time ao defender uma cobrança. Ou era isso que ele e seus companheiros pensavam. O problema é que o juizão disse que o guarda-redes se adiantou e mandou repetir o pênalti. E nem foi só isso: o árbitro expulsou Mamdouh.

Se um goleiro expulso durante uma decisão de pênaltis não era inusitado o bastante, o que viria em seguida seria igualmente glorioso. Como a partida havia acabado e não era possível fazer substituições e incluir o goleiro reserva, o Catar mandou um jogador de linha para o gol. Era dele a missão de pegar o pênalti. E sabe o que aconteceu? Veja na marca de 10’24”:

Sim, aconteceu. O camisa 8 do Catar pulou e, com as pernas, defendeu a cobrança. Catar classificado. Goleirão de volta ao gramado para comemorar com o time. Futebol é ou não é uma coisa fantástica, minha gente?