Em menos de um ano, dois ex-presidentes foram presos. Quem falta?

Em menos de um ano, dois ex-presidentes foram presos. Quem falta?

Politica
Coleção Politica
Em menos de um ano, dois ex-presidentes foram presos. Quem falta?

Foto: Agência Brasil

No início da tarde de ontem, 21 de Março, O ex-presidente Michel Temer foi preso pela Polícia Federal através da Lava-Jato. Essa é a segunda vez em menos de um ano que um ex-presidente é preso, o primeiro foi Lula, em Abril passado. Seria esse um indício de que finalmente a justiça está acontecendo no Brasil?

Temer responde a dez inquéritos na Justiça, cinco deles foram abertos quando ele ainda era presidente da República, após assumir o cargo pelo Impeachment de Dilma. Acontece que Michel possuía foro privilegiado e os inquéritos tramitavam no STF (Superior Tribunal Federal). Após deixar o cargo no fim do último ano, estes cinco inquéritos foram passados para a primeira instância.

Além de Temer, Moreira Franco, ex-ministro e ex-governador do Rio de Janeiro também foi preso. Aparentemente, Michel Temer era o responsável por liderar um esquema de corrupção bilionário que já ocorria há décadas.

O ex-presidente afirmou que essa prisão é uma “barbaridade”, e que as acusações são falsas. Temer foi o segundo ex-presidente preso pela Lava-Jato.

Dos três últimos presidentes, dois estão presos. A prisão de Temer seria um indício de que Dilma também poderia estar envolvida? A ex-presidenta sofreu um Impeachment cercado de polêmica.

Não podemos afirmar com certeza que ela esteja envolvida com crimes investigados pela Lava-Jato, porém, é difícil de se imaginar que não esteja. Afinal, seu “padrinho” eleitoral está preso, e o vice presidente de campanha também.

Até a prisão, todos os políticos se dizem santos, todos demonstraram atitudes hipócritas que caíram por terra. O próprio Temer publicou em uma rede social que apoiava operação da Lava-Jato, e agora foi preso por ela.

Lula também sempre se disse inocente, inclusive ele conseguiu gerar uma comoção mundial fazendo com que as pessoas acreditassem que ele estava mesmo sendo vítima de um crime político, obviamente isso não aconteceu.

O fato é que nunca poderemos confiar em políticos, mesmo políticos do qual “confiamos”.

Podemos dizer que finalmente a justiça está sendo feita?

Com as prisões de políticos fortes no país, fica claro que ninguém é intocável. Embora a operação Lava-Jato esteja colocando diversos criminosos na cadeia, ela ainda pode ser melhorada.

Nomes grandes como o de Eduardo Cunha foram os primeiros, mas alguns políticos que nitidamente possuem crimes em seu histórico continuam soltos, como é o caso de Aécio Neves.

A Lava-Jato está indo bem, a única coisa que poderia ser melhorada, é a agilidade dos processos. Agilidade que possivelmente será usada caso ocorra mais delações premiadas.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

Histórias relacionadas
1.Masterchef: como o Reality mudou a forma do brasileiro ver a comida 
2.Porque a maioria das mulheres sentem dor na hora H
3.Com objetivo principal alcançado, Victor Sandes encerra trajetória no Vitória-PE e espera definir futuro clube nos próximos dias 
4.Como um homem chamado de homofico e sexista chegou a se tornar presidente do Brasil?
5.OPINIÃO: Quem é mais ignorante? O “bolsonarista” ou o petista?
6.Olhe pra mim, sou cult: 7 filmes cults de verdade
7.Produtos que você não imaginava que fazem bem para a pele  
8.O que os homens reparam nas mulheres?
9.Opinião: Bolsonaro se cala sobre 80 tiros e enchentes, mas defende piada sobre estupro
10.Pesquisa revela: Ao ter uma filha, homens se tornam menos machistas
500x500
500x500