Que os ventos do Outono tragam menos dissabores

Que os ventos do Outono tragam menos dissabores

Que os ventos do Outono tragam menos dissabores

Foto: Scott Webb

Hoje, mais precisamente às 18:58, ocorrerá o equinócio, ou seja, mudança do verão para o outono. O verão normalmente é cheio de alegria e de vida, mas infelizmente esse último foi marcado por diversos fatos lamentáveis. Tragédias, crimes e questões políticas mancharam os últimos meses na história do país.

A estação passou por chuvas e deslizamentos no fim do ano, onde pessoas perderam a vidas e lares bem na época natalina. O trágico e comovente rompimento da barragem de Brumadinho mobilizou todo o mundo, sem falar no infeliz dia em que os meninos do Flamengo perderam suas vidas.

Não vou dizer que essas terríveis tragédias devam ser esquecidas, pois todas as pessoas que perderam suas vidas devem ser sempre lembradas, mas definitivamente esses fatos não podem ocorrer novamente.

Quem é religioso, reze para que os próximos meses não possuam tantos dissabores, mas acima de tudo, precisamos agir e contribuir para que nada disso ocorra novamente.

Consolação para as vítimas, e justiça para os culpados

O rompimento no Córrego do Feijão e o incêndio no Ninho do Urubu possuem uma coisa em comum: foram tragédias criminosas. A Vale mais uma vez se mostrou totalmente incapaz de exercer a função que tem. Depois da tragédia de Mariana, os erros foram repetidos em Brumadinho.

Minas Gerais viveu dois momentos terríveis em sua rica história, os dois ocorreram pelas mãos da Vale, e isso é inaceitável. As vítimas da primeira tragédia estão desamparadas até hoje, e os criminosos de Mariana não pagaram por seus atos.

A esperança que temos para o Outono é que as vítimas tenham todo o amparo que seja possível conceder, e que os criminosos das duas tragédias paguem por esse crime brutal. Foram mais de 300 pessoas mortas, e até hoje ainda há desaparecidos soterrados sobre o mar de lama.

O Flamengo é um dos maiores clubes do Brasil, e também do mundo. Nos últimos anos eles gastaram milhões e milhões de dólares em contratações badaladas, mas inexplicavelmente, deixavam os adolescentes da base em condições precárias.

Mesmo sendo um clube rico, os alojamentos não possuíam proteção contra incêndio, e mesmo com DEZENAS de multas e interdições, o local continuou funcionando.

Infelizmente, uma tragédia aconteceu, um curto circuito no aparelho de ar condicionado iniciou um incêndio que se alastrou profundamente. Os garotos lutaram bravamente para sobreviver, mas não haviam saídas de emergência, e muitos perderam a vida.

Por incrível que pareça, o clube ainda reluta em amparar e indenizar as vítimas, e isso é inaceitável. Os responsáveis precisam sim ser punidos.

A tragédia mais recente foi o Massacre de Suzano, onde dois jovens mascarados invadiram uma escola e abriram fogo contra os alunos, antes de cometerem suicídio.

Essa infeliz tragédia acabou rendendo um grande debate político sobre as políticas governamentais que facilitam o acesso às armas de fogo. Definitivamente, a violência não é maneira de resolver nada.

Mesmo com todas essas infelicidades que ocorreram, esperamos que as coisas mudem, pois já é possível sentir do vento o cheiro da nova estação.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

Histórias relacionadas
1.Vamos falar do aborto?
2.Brasil tem queda de 25% nos homicídios no primeiro bimestre de 2019
3.Os lugares mais curiosos do mundo
4.O filme mais caro da história
5.Incêndio destrói a icônica Catedral de Notre-Dame, em Paris
6.“O PSL se parece cada vez mais com o PT”, afirma Janaína Paschoal
7.Jovem sonha com prédio desabando e salva a família
8.Falando com os olhos, paralítico denuncia enfermeira por estupro. Mulher é presa
9.Aniversariante em ‘semana inesquecível’, meia Biel vibra com bom momento pelo Coritiba 
10.Ezequiel valoriza aproveitamento de 69,70% com o Fluminense e projeta sequência de clássicos e Sul-Americana 
500x500
500x500