CELEBRIDADES

Após disputa por irmã de Neymar, veremos um Gabigol x Lucas Lima

Author

Cada vez mais (re)habituado ao Santos, Gabigol deve estrear no próximo Domingo, contra o Palmeiras do "parça" Lucas Lima

Após disputa por irmã de Neymar, veremos um Gabigol x Lucas Lima

Foto: Caras.UOL

Falando em "parça", não se sabe ao certo o quão "parças" ambos ainda são após a troca de times, o distanciamento e as polêmicas envolvendo uma certa "disputa" por Rafaella Santos, irmã de Neymar. No final, quem parece ter se dado melhor é Gabriel, após ter divulgado relacionamento sério com a jovem durante 2017.

Mesmo com toda a polêmica e expectativa da torcida por esse reencontro, o foco de ambos os atletas (e é o que se espera) parece ser apenas no futebol. Afinal, Lucas Lima chegou do rival e cada vez mais tem conquistado seu espaço no elenco alviverde. O desafio, portanto, passa a ser a continuidade. Enquanto isso, Gabriel retorna de passagem frustrada na Europa em busca de um recomeço e da "sobrevivência" da carreira.

Após disputa por irmã de Neymar, veremos um Gabigol x Lucas Lima

Foto: Caras.UOL

Foi diante disso que o jovem se dedicou em dobro nas férias, com treinos personalizados, enquanto o Santos negociava sua aquisição. E nesta semana, em jogo-treino contra o Água Santa, o "menino santista e cruel" balançou as redes pela primeira vez após seu retorno.

Após disputa por irmã de Neymar, veremos um Gabigol x Lucas Lima

Foto: Diário de Goiás

A confiança dos companheiros de equipe também tem sido essencial para o atacante, que demonstrou-se muito grato e, sobretudo, adaptado em todos aspectos ao "clube do coração". Sua chegada também cai como uma luva em uma equipe recentemente assumida por uma gestão que teve de realizar estratégias e cortes em diversos setores - inclusive na aquisição definitiva de atletas - em função da grande dívida acrescida nos últimos anos.

Após disputa por irmã de Neymar, veremos um Gabigol x Lucas Lima

Foto: Fox Sports

Com o peso da camisa 10 de Pelé, cabe ao jovem mostrar novamente o seu valor a fim de alçar novos patamares, dado o tamanho de seus sonhos - brilhar no Santos, retornar à Seleção Brasileira e, quem sabe um dia, conseguir o mesmo sucesso na Europa.

Afinal, dizem que dinheiro não compra felicidade. E se o "problema" é dinheiro, o jovem embolsou cerca de 1 milhão mensal durante o período no exterior. Ou seja... Vamos jogar, né, meninão? Foco, força, fé e... Pra cima!