CELEBRIDADES

Lana Del Rey e o (quase) sequestro — 5 fãs sem limites

Author
Lana Del Rey e o (quase) sequestro — 5 fãs sem limites

Lana Del Rey.

Então, galera, parece que durante o final de semana um homem foi preso por planejar o sequestro da cantora norte-americana Lana Del Rey. O (quase) sequestrador é Michael Hunt — o tragicômico aqui se dá pela tradução do nome "Hunt", que, do inglês, significa "caçar".
Parece piada de mal gosto, mas é algo muito sério. Ele foi denunciado por conta de um vídeo no qual ele diz que tem intenção de "fugir com Lana". Ora, a moça é muito talentosa e também belíssima, é compreensível que muita gente tenha vontade de tê-la mais perto para trocar umas ideias, mas quem garante que ela gostaria de fugir com um quarentão alucinado?

Para sorte da cantora e de seu fã clube — somente no Brasil, entre um grupo de facebook e outro, a cantora tem mais de 1 milhão de seguidores —, a polícia acabou prendendo Hunt antes do show que ela fez em Orlando. Para se defender, o cara ainda falou que não havia nada de mais na publicação dele, não falava nada sobre sequestro:

“Não há nada no meu post que foi derrogatório ou maldoso, eu não disse que ia machucar ninguém. Eu só queria ver os olhos dela. Eu a amo, mas apenas por suas músicas. Não a conheço pessoalmente”

Foram essas as palavras de Hunt. Mas de nada adiantou tentar se safar, o juiz determinou sua prisão sem direito a fiança.

Isso já é um fato, infelizmente, "normal" no mundo dos artistas. Não apenas sequestros, mas houve também diversas tentativas de homícidio e até alguns casos que passaram da mera "tentativa". Quem não se lembra da trágica morte de John Lennon, por exemplo?
Por isso reunimos a seguinte lista com mais 6 casos de fãs que passaram dos limites, além do ocorrido com Lana, é claro:

John Lennon

Lana Del Rey e o (quase) sequestro — 5 fãs sem limites

Um cara que foi nos Estados Unidos da América, o país que mais produz e vende armas no mundo, cantar músicas com letras como a de Imagine estava praticamente pedindo para ser assassinado.
Confira um trecho da tradução da letra:

"Imagine que não houvesse nenhum país
Não é difícil imaginar
Nenhum motivo para matar ou morrer
E nem religião, também

Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz"

Foi o suficiente para dar margem a diversas teorias da conspiração sobre seu assassinato. Uma pessoa querendo paz mundial em um país que se tornou potência econômica com guerras?

Bom, essa é uma das teorias da conspiração em que eu acredito, mas a verdade que está provada é outra.
Um fã maluco, Mark Chapman, matou ele com 4 tiros. De acordo com o fã, ele cometeu o assassinato porque Lennon havia falado que os Beatles foram maiores que Jesus Cristo, além de o cantor ser ateu.
Chapman estava passando por um período de volta a igreja e estava voltando a ser cristão.

Lana Del Rey e o (quase) sequestro — 5 fãs sem limites

Ana Hickmann

De acordo com o site segredos do mundo, a apresentadora Ana Hickmann, da TV Record, estava hospedada em um hotel de Belo Horizonte (MG), quando Rodrigo Augusto de Páduo, de 30 anos, invadiu seu quarto armado. O homem era fanático pela apresentadora e demonstrava toda sua “doença” nas redes sociais, escrevendo declarações de amor à Ana e, muitas vezes, mensagens indecorosas.
Pádua tentou acabar com a vida de Ana Hickmann, atirou na cunhada da apresentadora, que também foi rendida no quarto do hotel

Lana Del Rey e o (quase) sequestro — 5 fãs sem limites

Justin Bieber

Ainda de acordo com o site segredos do mundo, Dana Martin, preso por estuprar e matar uma adolescente de 15 anos, tentou fazer com que Bieber fosse castrado por outros criminosos que estavam em liberdade. A intenção era que o órgão de Bieber fosse enviado a Dana, na cadeia. Isso aconteceu em 2012.

Lana Del Rey e o (quase) sequestro — 5 fãs sem limites

Um cara chamado Joshua Corbett, de 44 anos anos, invadiu a casa da atriz armado com uma metralhadora. Para se proteger, Sandra se trancou no armário enquanto ligava para a polícia. Segundo ela, foram os 15 minutos mais longos da sua vida. Corbett acabou sendo preso, mas disse que só queria mesmo se aproximar de sua musa, de acordo com segredos do mundo.

Muitas vezes o sequestro é por conta de doenças psicológicas dos criminosos. Isso não significa que eles devem deixar de cumprir suas penas. Apesar disso, uma mulher que ficou em cativeiro por 11 anos conseguiu perdoar seu sequestrador. Michelle Knight foi mantida refém com mais duas mulheres de 2002 a 2013, o nome do criminoso era Ariel Castro. Ele pegou prisão perpétua e se matou no presídio. Michelle conta: “No início eu o odiava. Mas eu fui para a terapia e percebi que não foi culpa dele. Ele tinha uma doença.”.

Ela conseguiu perdoar o criminoso, mas é sempre difícil para a vítima perdoar. Tá bom, o certo é quase sempre, porque muitas vezes as pessoas acabam adquirindo a Síndrome de Estocolmo que é quando uma pessoa, submetida a um tempo prolongado de intimidação, passa a ter simpatia e até mesmo sentimento de amor ou amizade perante o seu agressor.

Inclusive isso me faz lembrar de um filme muito bom que vale a pena ser assistido. O nome do filme é Ata-me!, do espanhol Pedro Almodóvar. Nesse filme a personagem principal é sequestrada por um jovem (Antonio Banderas) que saiu de um hospital psiquiátrico.

Lana Del Rey e o (quase) sequestro — 5 fãs sem limites

Capa de Ata-me!

Mas, voltando ao tópico da prevenção:

Se você acha que está correndo riscos de ser sequestrado por qualquer motivo, tome nota das seguintes dicas do Poliservices:

  • Não ostentar riquezas;
  • Acreditar na possibilidade do sequestro;
  • Instalar sistemas de proteção na residência;
  • Selecionar criteriosamente os empregados;
  • Não ser rotineiro;
  • Nunca andar sozinho;
  • Usar carros que não despertam atenção;
  • Orientar seus familiares

Já que não tem como adivinhar, o melhor é prevenir!