ARTES

Após sofrer bullying, jovem transforma sua pele com vitiligo em arte

Author

Ash Soto sabe como dar a volta por cima. Como mandar uma mensagem para aqueles que um dia gozaram de sua cara.

Quando tinha 12 anos, ela notou uma estranha mancha em seu pescoço. Outra apareceu meses depois. E outra. Então, ao ir atrás do que estava acontecendo, ela foi diagnosticada com vitiligo - quando partes da pele perdem a pigmentação.

Com isso, ela começou a sentir vergonha de si mesma. Passou a não frequentar eventos públicos. Se sentiu mais mal ainda quando uma garota lhe perguntou se ela havia tomado banho de alvejante.

Do bullying veio a depressão. Mas começou aos poucos a entender que aquela era ela mesmo. E aprendeu a se amar. 

Com a ajuda da família, Soto voltou a se mostrar. E passou a publicar fotos no Instagram - seu corpo, agora, virou sua obra de arte. "Eu nunca percebi o quão bonito era meu vitiligo até que eu tracei com um marcador preto, ajudando a mostrar as diferentes cores da minha pele", disse. "Agora o que os outros percebem como uma imperfeição eu transformei em algo mais bonito e o tornei mais aceito do que era antes".

Após sofrer bullying, jovem transforma sua pele com vitiligo em arte
Após sofrer bullying, jovem transforma sua pele com vitiligo em arte
Após sofrer bullying, jovem transforma sua pele com vitiligo em arte
Após sofrer bullying, jovem transforma sua pele com vitiligo em arte
Após sofrer bullying, jovem transforma sua pele com vitiligo em arte
Após sofrer bullying, jovem transforma sua pele com vitiligo em arte

#comportamento #bullying #vitiligo #voltaporcima