ESPORTES

Irlandês ex-jogador de futebol cansou da vida de 'balada' e é hoje um frade

Author

O irlandês Philip Mulryne atuou no Manchester United de 1996 a 1999 e jogou futebol até 2008. Por 10 anos, defendeu sua seleção e tinha uma vida boa. Ganhava bem e gastava seu dinheiro com festas e mulheres. Mas se cansou dessa rotina deu uma reviravolta na vida. Virou um frade.

No futebol, sempre vemos que o esporte se mistura com a religião. Quantos 'atletas de Cristo' encontramos por aí, pregando e agradecendo a Deus depois de um jogo? É algo normal. Mas trocar as chuteiras pela batina não é algo que costumamos ver.

Quando estava perto dos 30 anos (está com 39 agora), Mulryne resolveu mudar de vida. "Comecei a me perguntar: por que estou fazendo isso? E a resposta foi que nada era suficiente. Estava constantemente inquieto, devido ao fato de que eu pensava que esse modo de vida deveria me fazer feliz, e descobri mais tarde que estava completamente vazio por dentro", contou ao jornal 'The Times'. "Adorava futebol, adorava os treinos e o meu estilo de vida trazia-me prazer, mas nada a longo prazo. Diverti-me durante algum tempo, mas ao chegar aos 30 comecei ficar muito insatisfeito." Assim, com esse novo pensamento, o ex-jogador foi procurar um lugar na igreja.

Para quem já foi cortado da seleção irlandesa por fugir da concentração para beber com os amigos, podemos ver que a mudança foi mesmo radical. 

Irlandês ex-jogador de futebol cansou da vida de 'balada' e é hoje um frade

#futebol #esportes #igreja #frade