FUTEBOL

Que feio! Tevez diz que leva o filho pra favela pra ele 'não desmunhecar'

Author

Mal voltou à Argentina e Carlitos Tevez mais uma vez foi um desastre em suas declarações. Depois de dizer que 'passou sete meses de férias na China', vestindo a camisa do Shanghai Shenhua (ganhou muito dinheiro e pouco jogou), agora o atleta se envolveu em polêmica por um comentário considerado homofóbico.

Em entrevista ao canal 'TyC Sports', o argentino afirmou que leva seu filho Lito, de apenas 3 anos, ao bairro onde nasceu, Fuerte Apache, para que o pequeno aprenda a jogar bola e não desmunheque. O local é conhecido por sua violência e pobreza.

"Levo o Lito ao bairro comigo. É um menino, mas imagina... A mãe, as avós, ele o único homem, entende? Se não o levo ao bairro para que lhe deem umas pancadas, ele pode desmunhecar", disse o jogador.

A fala de Tevez não foi muito bem vista pelos entrevistadores, e um deles tentou até amenizar a situação dizendo que o jogador leva o filho ao bairro para que ele "não fosse frágil diante das adversidades". E o craque confirmou: "Eu levo ele lá para se desenvolver com os moleques, jogar bola”.

A verdade é que a declaração de Tevez não tem desculpa. Depois da entrevista, tem gente que o defendeu dizendo que ele se expressou mal, mas muitos o criticaram por achar que ele atingiu a comunidade LGBT, como se o menino precisasse jogar bola e apanhar para ser um homem. Que feio, Tevez!

Que feio! Tevez diz que leva o filho pra favela pra ele 'não desmunhecar'

Foto: reprodução Instagram

#futebol #esportes #tevez #homofobia #polêmica