BEM-ESTAR

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos

Author

Pablo Daniel Osvaldo era a grande aposta do Boca Juniors para a Libertadores. Se machucou, ficou mais fora do que em campo e deixou o clube em julho numa saída nada amistosa. O atacante argentino tinha proposta para voltar ao futebol italiano, onde sempre brilhou, mas resolveu partir para o lado musical.

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos

O goleador com cara de mal não quis assinar com o Chievo Verona para virar cantor, sua paixão já faz algum tempo.

Sim, aos 30 anos, o camisa 9 que brilhou em clubes grandes como Juventus, Roma e Internazionale agora vai se dedicar a algo que já tentou conciliar com o futebol em 2013.

Na época em que defendia a Roma, o jogador lançou 10 faixas para compartilhar com os torcedores. Agora, ele quer virar um cantor de verdade. Fará sucesso? Vamos aguardar.

No mundo da bola, muita gente já se despediu de forma precoce para se dedicar a outro ramo. Tem cachaceiro, advogado, taxista, lutador. Confira:

João Gabriel

Ex-goleiro do Internacional desistiu de ser jogador e optou pela carreira de advocacia aos 27 anos.

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos

Leo Gago

Aos 33 anos, volante optou por mudar de vida e agora administra uma cada de festas em Curitiba.

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos

Wendell Lira

Dono do prêmio Puskas de gol mais bonito do mundo em 2015, o atacante resolveu se aposentar dos gramados aos 27 anos para se dedicar aos games. Ele criou um canal no YouTube e virou jogador online.

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos

Cristiano

Goleiro brasileiro chegou a defender o Sporting, de Portugal, mas disse que "recebeu um chamado de Jesus" aos 32 anos e virou pastor no Amazonas

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos

Wagner

Campeão Brasileiro com o Botafogo, ele resolveu desistir da carreira de goleiro e investiu num bar de pratos à base de peixes e se tornou motorista de táxi.

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos

Mozart

Ex-volante da seleção brasileira abandonou os gramados aos 30 anos para virar cachaceiro. Mas nada de ser um alcoólatra. Ele produz a bebida, que virou produto de exportação.

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos

Tim Wiese

Goleiro do Werder Bremen e da seleção alemã pendurou as luvas com 31 anos para se dedicar à carreira de lutador de luta livre

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos

Hidetoshi Nakata

Mair ídolo do futebol japonês se aposentou aos 29 anos por desilusão. Virou ícone da moda e produtor de saquê.

Atacante argentino encerra carreira para se dedicar à música. Veja mais exemplos