FUTEBOL

Bélgica vence por 2 a 1 e acaba com o sonho do hexacampeonato do Brasil

Author

Acabou o sonho do hexacampeonato brasileiro. No mesmo palco que as  favoritas Alemanha e Argentina se despediram na Copa do Mundo: o estádio de Kazan. Em dia que o ataque não foi brilhante, o último capítulo da história brasileira na Rússia foi escrito com uma derrota por 2 a 1 ainda nas quartas de final.

Faltaram calma e precisão ao time nas finalizações e nos passes. Deixamos muito espaço no meio campo, a seleção não se preocupou como deveria com De Bruyne e Hazard. Gabriel Jesus novamente foi uma piada. Neymar não mostrou motivos para ser chamado de craque. Reclama demais e produz pouco. Philippe Coutinho estava num dia ruim.

A Bélgica avança para a semifinal, na qual encara a França. Restaram apenas seleções europeias na Rússia. O título ficará com o continente pelo quarto mundial seguido.

O Brasil lutou até o minuto final. Mas caiu num dia de total desespero e desorganização. Até chegou bastante no gol de Courtois, mas sem a frieza que uma Copa do Mundo requer.

A seleção brasileira até começou bem a partida, chegando com perigo no gol de Courtois. Foram três chances, uma bola na trave de Thiago Silva, um chute errado de Paulinho e um bate rebate.

Bem na frente, até então tranquila atrás. Mas num escanteio, a Bélgica ganhou um gol de presente. Após cobrança, dois brasileiros foram na bola e Fernandinho desviou contra as próprias redes.

A sorte que a Bélgica teve na frente, contou na defesa. Toda finalização brasileira desviava em alguém de seu time e ia para fora. Courtois ainda fez boas defesas em chutes de Philippe Coutinho e Marcelo. O Brasil se lançava com tudo. Esqueceu-se de marcar.

Num contragolpe ligeiro, a bola chegou em De Bruyne, que bateu firme, cruzado, aumentando o drama brasileiro: 2 a 0 e time de cabeça baixa, sem rumo.

O time voltou com a entrada de Roberto Firmino na vaga de Wilian e o grito de que "é possível". Era Brasil alugando meio campo e pressionando. Mas nada de gol. Tite vai fazendo substituições e pedindo para o time jamais desistir.

Apesar de errar tanto passe, a seleção diminuiu com Renato Augusto, de cabeça. Faltavam 15 minutos, mais os acréscimos, para a busca do empate. A Bélgica nem contraatava mais. Só queria fazer o tempo passar.

Chances não faltaram. A bola de Renato Augusto passou raspando. Philippe Coutinho virou o pé demais no passe de Neymar, que parou em Courtois no último minuto. Não deu.

Bélgica vence por 2 a 1 e acaba com o sonho do hexacampeonato do Brasil
Bélgica vence por 2 a 1 e acaba com o sonho do hexacampeonato do Brasil
Bélgica vence por 2 a 1 e acaba com o sonho do hexacampeonato do Brasil
Bélgica vence por 2 a 1 e acaba com o sonho do hexacampeonato do Brasil
Bélgica vence por 2 a 1 e acaba com o sonho do hexacampeonato do Brasil
Bélgica vence por 2 a 1 e acaba com o sonho do hexacampeonato do Brasil