BEM-ESTAR

Ela adotou um bebê que ninguém queria. 28 anos depois veio a recompensa

Author

A vida nos proporciona ensinamentos todos os dias. E a história de vida de Ingeborg McIntosh dificilmente não te levará às lágrimas. Ela lutou por quatro anos pela adoção de um bebê que ninguém queria, conseguiu e, 28 anos mais tarde, ele salvou sua vida.

Ela adotou um bebê que ninguém queria. 28 anos depois veio a recompensa

Parece roteiro de filme dramático, mas aconteceu na vida real. Recém-nascido, Jordan precisou de uma família de acolhimento e acabou amparado por Ingeborg. Ela revela que "foi amor à primeira vista".

Mas ela não conseguiu adotá-lo de imediato por imposição da mãe biológica, que queria vê-lo numa família negra. Depois de 4 anos, sem que ninguém manifestasse o interesse em adotar Jordan, finalmente ele se tornou filho de Ingeborg no famoso "felizes para sempre".

Décadas mais tarde, contudo, Ingeborg recebeu o triste diagnóstico de ter uma doença renal policística e carecer de um transplante de rim. Chegou ali a hora de Jordan tentar retribuir todo o amor e carinho recebido.

Ao saber do diagnóstico da mãe, ele correu para o hospital para saber se era compatível. O exame deu positivo. Jordan não teve dúvidas em salvar a vida de sua heroína. O transplante foi um sucesso.

"Tudo o que ela fez por mim desde criança, eu só queria retribuir e mostrar o quanto eu a aprecio". LINDO.