BEM-ESTAR

Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas

Author

Mariam Paré é um grande exemplo de vida para aqueles que adoram viver reclamando de tudo. A moça levou um tiro aos 20 anos, ficou paraplégica e mesmo sem movimentos no corpo, nunca desistiu de seus sonhos. Apaixonada pela arte, ela se adaptou e continuou fazendo suas belas pinturas, com a boca. Nascida em Kenitra, no Marrocos, Mariam achava que sua vida artística havia sido interrompida quando foi vítima de bala perdida aos 20 anos. O que faria sem o movimento das mãos? Era o fim das pinturas? O baque foi grande, mas a força de vontade maior ainda. Ao invés de se entregar, ela foi à luta, se adaptou à nova vida e há 21 anos continua encantando com seus quadros e com sua determinação e garra. Com um pincel na boca, ela cria quadros e retratos impressionantes. São pinturas belíssimas e ricas em detalhes. Aprecie essa arte e jamais se acomode:

Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas
Ela ficou tetraplégica, mas não desistiu do sonho e segue fazendo belas pinturas