FUTEBOL

França conta com falhas do Uruguai, se impõe e avança à semifinal da Copa

Author

Um posicionamento errado da defesa e um "frangaço" de Muslera foram determinantes para a classificação francesa às semifinais da Copa do Mundo da Rússia. A consequente eliminação do Uruguai veio num jogo sem brilho e com derrota por 2 a 0. A ausência de Cavani, machucado, foi bastante sentida pela Celeste diante de uma madura rival.

Sem sustos e merecidamente, a França avança pela sexta vez a uma semifinal de Copa e mantém vivo o sonho do bicampeonato. Os uruguaios, mais uma vez, ficam no quase e adiam a busca pelo terceiro troféu.

O que todos imaginavam se confirmou e o machucado Cavani não se recuperou a tempo de disputar o confronto das quartas, para alegria francesa e desespero do torcedor celeste. Se com o astro já era uma missão dura...

Mesmo desfalcado, o Uruguai até equilibrou as ações nos primeiros minutos e chegou ao gol de Lloris, sobretudo no forte jogo aéreo. Gimenez e Cáceres pararam no goleiro, que ainda viu Godín perder um rebote açucarado ao chutar para o alto.

Mbappé, bem marcado, até teve uma oportunidade de ouro em passe de Giroud. Cabeceou para cima, todo desengonçado. Os times pareciam nervosos e se equivaliam em campo até uma falta boba de Bentancur custar caro aos uruguaios.

Além de ficar pendurado no jogo e suspenso para uma possível semifinal com o cartão amarelo levado, o volante ainda viu Griezmann cruzar na cabeça do zagueiro Varane: 1 a 0 aos 39 minutos.

Os uruguaios foram vazados e agora já não dependiam mais de sua forte defesa. O desfalcado ataque teria de desencantar no jogo. Mas com Stuani, o substituto de Cavani, era bem mais difícil. Ele brigava, trombada, e mais nada.

O segundo tempo começou com uruguaios no ataque. Óscar Tabarez coloca Gomez e Cristian Rodriguez para aumentar o poderio ofensivo e sua seleção começa a rondar mais a área francesa. Uma finalização aqui, outra ali, até vir um contragolpe e enorme ducha d'água fria. Griezmann chute de fora da área e Muslera "engole" um baita frango aos 16 minutos.

O choro do pequeno torcedor uruguaio nas arquibancadas mostra que ali, o sonho de classificação praticamente acabava. Cavani, no banco de reservas, sabia que não podia ajudar.

O segundo gol desmoronou o emocional uruguaio. Nada mais dava certo e os gritos de olé surgiram com 30 minutos. A França valorizava a posse de bola e administrava a vantagem. Isolado, Suárez mostrava impaciência e até o otimista Tabarez já não demonstrava confiança numa reação.

Todo desorganizado, na base do chuveirinho, o Uruguai sequer ameaçou o gol de Lloris novamente. A França mostrou frieza e organização para desbancar mais um campeão mundial - já tinha vencido a Argentina - e carimbar o passaporte à semifinal. Chega forte na briga pelo título.

França conta com falhas do Uruguai, se impõe e avança à semifinal da Copa
França conta com falhas do Uruguai, se impõe e avança à semifinal da Copa
França conta com falhas do Uruguai, se impõe e avança à semifinal da Copa
França conta com falhas do Uruguai, se impõe e avança à semifinal da Copa