BEM-ESTAR

Goleador argentino se aposenta para doar fígado e salvar vida do sobrinho

Author

Alexandre Benítez marcou o gol mais bonito de sua vida aos 30 anos, num lindo gesto de solidariedade e amor. Lullo, como é conhecido, optou por abandonar a carreira em grande momento para doar parte de seu fígado e salvar a vida do sobrinho pequeno.

Goleador argentino se aposenta para doar fígado e salvar vida do sobrinho

Reprodução/Clarín

Difícil não se emocionar com um gesto tão bonito. Artilheiro do Central Larroque, da Série C argentina, o atacante não pensou duas vezes quando soube que era doador compatível.

Milo Romani, de apenas 9 meses, nasceu com uma obstrução nos canais que transportam a bile, desde o fígado até a vesícula, e necessitava com urgência de um transplante. Como a mãe, irmã de Lullo, corria o risco de morte por já ter realizado uma cirurgia no coração, o jogador se prontificou a salvar a vida do menino.

Goleador argentino se aposenta para doar fígado e salvar vida do sobrinho

Reprodução/Facebook

"Nunca hesitei em doar parte do meu fígado ao Milo. Não me importava nada. Sabia que era compatível e não hesitei", disse Lullo ao Jornal El Argentino. As cirurgias aconteceram no hospital Austral de Pilar e duraram mais que o previsto.

Lullo ficou na mesa de cirurgia por 7 horas e Milo, por 12 horas. Mas, apesar de sustos e tensão, deu tudo certo e o gesto de amor terminou com recepção calorosa ao herói na volta para casa. O bebê também passa bem e logo deve receber alta para se juntar aos irmãos Teo e Luca. Emocionante.

Goleador argentino se aposenta para doar fígado e salvar vida do sobrinho

Reprodução/Facebook

Goleador argentino se aposenta para doar fígado e salvar vida do sobrinho