CURIOSIDADES

Happy Hour custa caro e norueguesa paga multa de R$ 100 mil por dirigir bêbada

Author

Se beber, não dirija. A orientação salva vidas, evita problemas com a justiça e também preserva uma bela mordida em seu bolso. As multas para quem é pego bêbado ao volante no Brasil são consideradas altas: quase 3 mil. Assustador? Imagine na Noruega, onde uma jovem de 22 anos teve de pagar R$ 100 mil por ser flagrada alcoolizada no trânsito.

Sim, você não leu errado: R$ 100 mil numa multa. E ela poderia ser bem maior, atingindo até R$ 16 milhões. No país nórdico, as penas para quem dirige alcoolizado são baseadas na renda do motorista.

Ganhar R$ 100 mil para muitos seria a realização de sonhos. Perdê-lo numa multa, um caos, derrocada. Mas para Katharina G. Andresen, perdoe o péssimo trocadilho, "dinheiro de pinga". Ela é a segunda jovem mais rica do mundo de acordo com a Forbes e administra 42% dos bens da família.

O valor da multa foi definido sem muitos critérios, já que ela não tem renda fixa apesar da fortuna. Seu Happy Hour foi caro e para o bem da nação, ela teve a carteira suspensa e não poderá dirigir nos próximos 13 meses.

Happy Hour custa caro e norueguesa paga multa de R$ 100 mil por dirigir bêbada
Happy Hour custa caro e norueguesa paga multa de R$ 100 mil por dirigir bêbada
Happy Hour custa caro e norueguesa paga multa de R$ 100 mil por dirigir bêbada
Happy Hour custa caro e norueguesa paga multa de R$ 100 mil por dirigir bêbada

Fotos: Instagram