ESPORTES

Sem brasileiros e "sem graça", temporada da F-1 será outra vez de duas equipes

Author

Já faz algum tempo que a TV Globo se esforça para vender uma temporada de Fórmula 1 repleta de emoção, muita disputa por posições e pegas de arrepiar. A chamada até empolga, mas a verdade é que a competição pela qual nos acostumamos a acordar cedo para ver provas sensacionais não existe mais. Em 2018, pela primeira vez sem brasileiros após muitos anos, ela será ainda mais sem graça, novamente com apenas duas (talvez uma) equipes lutando pelo título. Óbvio que até a bandeirada de largada do GP da Austrália, no dia 25, algum engenheiro poderá tirar um coelho da cartola e desenvolver um supercarro, com motor tão potente a ponto de acompanhar a velocíssima Mercedes e a competitiva Ferrari. Mas nem no cenário mais otimista alguém ousa fazer tal aposta. Testes no Circuito da Catalunha, na Espanha, sugerem o contrário. Bastou uma semana para todos terem a comprovação, mais uma vez, que as Mercedes do campeão Lewis Hamilton e Nico Rosberg estão anos luz na frente - no linguajar automobilístico, ao menos meio segundo por volta da concorrência. O experiente alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, mais uma vez terá de apostar no seu talento para fazer um pouco de sombra à favorita escuderia alemã. Nem seu companheiro Kimi Raikkonen parece no páreo. Do mais... Seria interessante para a Fórmula 1 ter carros equilibrados. Ao menos com quatro equipes. A Red Bull Racing (RBR) até assustou tempo atrás, mas falta potência no motor para disputar vitórias. McLaren e Toro Rosso apenas se satisfazem em não quebrar e completar provar e a Willians segue adormecida. Enquanto o que já é chato fica ainda pior, nos resta rezar para que novidades surjam. Agora nem Felipe Massa para torcer temos mais. Este ano só teremos o halo (sistema de proteção) como diferencial. Uma pena, pois era muito bom acordar cedo aos domingos para acompanhar grandes disputas. Hoje, não perco meu sono para ver passeios de Hamilton.

Sem brasileiros e
Sem brasileiros e
Sem brasileiros e
Sem brasileiros e
Sem brasileiros e
Sem brasileiros e