FUTEBOL

Alguém acredita? Presidente do PSG crava permanência de Neymar: "2000% certo"

Author

A Copa do Mundo está chegando, mas quando o assunto é Neymar, as notícias são apenas sobre qual será seu clube na próxima temporada. O misterioso futuro do craque brasileiro tem reviravoltas a cada dia e fica difícil até arriscar um palpite. Manchester United, Real Madrid ou permanência do PSG? O presidente do clube francês exagera no otimismo e o garante: "2000% certo que ele fica aqui". Me engana que eu gosto.

Alguém acredita? Presidente do PSG crava permanência de Neymar: "2000% certo"

Se esse é o porcentual do magnata Nasser Al-Kelahifi, imagina qual a cifra matemática dos merengues? A semana toda só se debateu sobre a tal transferência de Neymar para o Real Madrid.

Os jornais espanhol quase "saíram no tapa" para trazer "novidades" sobre nosso craque. Um noticiou encontros de representantes do Real com Neymar no Brasil durante sua recuperação da fratura no dedo, outro cravou a benção de Cristiano Ronaldo ao novo "parça" e um foi além, garantindo que companheiros de PSG já foram informados sobre o adeus.

Tudo isso depois de o Manchester United definir que Neymar seria o "salvador da pátria" do técnico José Mourinho e a prioridade da temporada. Os ingleses aceitariam pagar uma fortuna pelo 10 brasileiro.

Estaria Nasser Al-Kelahifi colocando pressão no brasileiro? Pondo-o, mais uma vez, contra a torcida do PSG? O mandatário do clube francês já havia definido em R$ 1,6 bilhão o valor para quem quiser contratar seu craque. Pediu alto justamente para não perdê-lo.

Neymar, entretanto, quer ser o melhor do mundo. Desejo pessoal. E viu que na França suas chances são mínimas. Ele se arrependeu de ter deixado o Barcelona e agora mira um novo gigante da Europa para reiniciar sua caminhada pela Bola de Ouro. Só conquistando a Champions ele teria chance e, no Real Madrid, acredita ser possível. Ou num remodelado e forte United. Acho que esses 2000% de Nasser Al-Kelahifi não chegam a 10% e já vejo Neymar distante da França. O que você acha?