FUTEBOL

Árbitro de Arsenal x PSG é chique e faz cara ou coroa com cartão de crédito

Author

O árbitro conversa com os capitães Özil, do Arsenal, e Rabiot, do PSG, e pergunta qual lado do... cartão de crédito eles querem. Sim, na Champions Cup, em Cingapura, o sorteio antes de a bola rolar foi chique e não houve espaço para o tradicional moedinha.

Coisa de louco? Nada disso, o lance inusitado foi marketing puro. A arbitragem mostrou um finesse tremendo na hora de sortear bola e lado de campo antes do grande duelo entre ingleses e franceses. E mostrou que moedinha é coisa do passado ao usar um chamativo e procurado cartão de crédito black. Mas não tirou-o da carteira, apenas promovia a patrocinadora do jogo.

A Union Pay International tem entre seus serviços financeiros a oferta de cartões créditos e quis inovar em "seu torneio". Obviamente que não havia momento melhor para se promover.

Em campo, porém, o jogo não teve clima amistoso. O Arsenal, como um rolo compressor, passou com tudo por cima do time de Neymar - ainda em férias. Özil abriu o marcador e Nkinku empatou. Depois disso, só deu o time inglês. Lacazette fez dois, o segundo após falha de Buffon, e Holding e Nketiah completaram a surra.

Foi uma baita resposta do técnico Unai Emery, agora no Arsenal, que os franceses erraram ao dispensá-lo há dois meses.

Árbitro de Arsenal x PSG é chique e faz cara ou coroa com cartão de crédito