FUTEBOL

Atacante bastante cobiçado na Europa renova com o atual clube e frustra rivais

Author

Todo fim de temporada na Europa é a mesma pergunta: para onde vai Harry Kane? Artilheiro do Tottenham e capitão da seleção inglesa, ele sabe lidar muito bem com a cobiça de outros gigantes do continente, mas parece disposto a fazer história em uma única casa. Para desespero e frustração dos rivais, o goleador acaba de renovar contrato com o atual clube até o fim de 2024.

Atacante bastante cobiçado na Europa renova com o atual clube e frustra rivais

Real Madrid, Manchester United, Arsenal, entre outras potências, terão de mirar em outros clubes na incessante busca por um goleador de alto quilate. Kane, como o Tottenham não cansa de dizer, é inegociável.

E não é balela. O clube londrino podia muito bem já ter vendido seu homem-gol faz tempo. José Mourinho tentou levá-lo para o United por mais de uma vez e o Real Madrid queria transformá-lo na maior negociação da história do futebol. Os merengues se disponibilizaram a pagar incríveis 800 milhões, superando a venda de Neymar ao PSG. Ouviu um sonoro "não".

Curiosamente, o Arsenal sempre lamenta ter dispensado Kane quando ele ainda era um menino. O clube não quis ficar com um "gordinho" no seu elenco e abriu mão do hoje grande goleador para arrependimento eterno. Agora, apesar da insistência, sabe que dificilmente conseguirá convencê-lo após o bullying. Kane, na verdade, só tem olhos para o Tottenham, que tão bem o acolheu. Azar dos outros.