FUTEBOL

Atlético-MG tem de fazer de tudo para segurar Roger Guedes se quiser erguer taça

Author

Virada na final do Campeonato Mineiro diante do arquirrival Cruzeiro e quedas precoce na Copa Sul-Americana (San Lorenzo) e Copa do Brasil (Chapecoense) deixaram apenas o Brasileirão para o Atlético-MG salvar sua temporada. Na vice liderança, o Galo sabe que se quiser brigar pelo título terá de fazer de tudo para segurar seu artilheiro Roger Guedes.

O atacante, emprestado pelo Palmeiras e que já chegou a figurar fora do planos por "indisciplina" (não aceitava a reserva) vem fazendo a diferença no Brasileirão e se tornou o grande responsável pelo Galo estar no segundo lugar e fazendo "sombra" ao líder Flamengo. A boa campanha o tornou alvo de muita gente, sobretudo da Europa.

Roger Guedes participou dos 12 jogos do Atlético-MG, anotando 9 gols. Artilheiro isolado do Brasileirão, garantiu pontos importantíssimos ao time é mais uma vez foi decisivo do duro confronto contra o lanterna Ceará. Os visitantes surpreendiam até ele anotar o gol de empate e ajudar na virada apertada.

Agora, com a parada para a Copa do Mundo, além de o Atlético tentar acertar as deficiências, a missão é segurá-lo em Belo Horizonte. O clube fez proposta de compra ao Palmeiras, que recusou. O Verdão quer faturar alto e está empolgado com o assédio do Al-Wehda em seu jogador. O salário seria seis vezes maior e Roger Guedes "balançou". Tem, ainda, o interesse do Benfica, para desespero dos atleticanos.

Atlético-MG tem de fazer de tudo para segurar Roger Guedes se quiser erguer taça