FUTEBOL

Brasil exorciza o fantasma Alemanha e chegará à Copa "sem medo" de ninguém

Author
Brasil exorciza o fantasma Alemanha e chegará à Copa "sem medo" de ninguém

Se havia ainda alguma desconfiança diante do favoritismo brasileiro para a Copa do Mundo, acho que não existe mais. Podemos enfeitar as ruas, pintar os rostos, comprar as bandeiras e apitos pois somos, sim, uma das grandes, senão a maior força para a competição em solo russo no meio do ano. Lavamos a alma ao exorcizar o fantasma Alemanha em plena Berlim, triunfo por 1 a 0, resgatamos o prestígio e o respeito de pentacampeão ao superar os atuais campeões.

-----
O Storia estava lá, confira nos Destaques do nosso Instagram:

-----

Com marcação sob pressão e muita movimentação do meio para a frente, a seleção brasileira de Tite mostrou que o 7 a 1 já faz parte do passado e dificilmente será repetido. O Brasil é gigante, voltou a ser gigante e deve ser tratado de tal forma.

Tite ainda provou que não é demérito reforçar a marcação diante de um rival potente. Felipão quis partir para cima dos alemães na Copa de 2014 e ignorou sugestão de seus auxiliares para substituir o machucado Neymar por homem de mais marcação.

Em 29 minutos no Mineirão perdíamos por 5 a 0. Levamos o marcante 7 a 1. Tite tinha noção dos riscos de enfrentar a Alemanha justamente na porta de uma nova Copa. Sabia, contudo, que o resultado positivo seria o combustível final rumo ao hexa. Sua ousadia deu certo é chegaremos na Rússia "sem medo" de ninguém.

Novamente com boa apresentação de Philippe Coutinho e William, o Brasil encarou por igual o poderoso, mas desfalcado time alemão (sem Özil, Khedira e Müller). Apertar a saída de bola foi a estratégia que deu certo diante de um oponente que vinha de 22 jogos sem derrotas.

Uma roubada de bola no primeiro tempo ocasionou o gol de cabeça de Gabriel Jesus, com assistência de William. No segundo tempo, outras três chances perigosas, com os meias e depois, numa sobra, com Paulinho, também saíram depois da pressão na marcação.

Para quem sofreu ao ver tudo o que foi no gol em 2014 entrar, desta vez passamos pouco sufoco, soubemos conter o jogo aéreo e, o melhor, criamos boas chances com tramas rápidas. Alisson trabalhou pouco. O Brasil dominou boa parte do duelo com a Alemanha e deixa toda sua torcida com orgulho mais uma vez.

Que venham Suíça, Costa Rica e Sérvia. Depois os mata-matas. Alguém duvida que estaremos em campo na decisão do dia 15 de julho, em Moscou? Preparados para isso estamos. É só manter a seriedade.

Brasil exorciza o fantasma Alemanha e chegará à Copa "sem medo" de ninguém
Brasil exorciza o fantasma Alemanha e chegará à Copa "sem medo" de ninguém
Brasil exorciza o fantasma Alemanha e chegará à Copa "sem medo" de ninguém