FUTEBOL

Carioca só tem jogos legais, muitos gols, emoção, e torcida não vai nem na final

Author

Tudo o que queríamos ver na tão esperada decisão paulista entre Corinthians e Palmeiras foi mostrado na final do Carioca entre Botafogo e Vasco. Dois times o tempo todo buscando o ataque, emoção até o minuto final e gols, muitos gols. Mas há um contraponto. Se os jogos em São Paulo contam com casa cheia, apesar do futebol medonho, no Rio, com duelos muito divertidos, o público é decepcionante desde a rodada inicial.

Carioca só tem jogos legais, muitos gols, emoção, e torcida não vai nem na final

O sonho de todo torcedor é estar no Maracanã empurrando seu time numa decisão, não é mesmo? No caso de Vasco x Botafogo, a prova será tirada o próximo fim de semana, já que o jogo de ida no Engenhão registrou menos de 20 mil pessoas. Ver arquibancadas esvaziadas virou rotina no futebol do Rio, onde a desconfiança com os times dá a tônica.

Basta ver os times com as melhores médias de público do ano para perceber que o carioca "abandonou" seus clubes do coração. No top 10 figuram os quatro grandes paulistas, Grêmio e Inter, Cruzeiro e Atlético-MG e, pasmem, nenhum carioca. Você não leu errado. NENHUM time grande do Rio conseguiu arrastar multidão ao estádio. Nem em fases decisivas. Uma pena.

O desconfiado e desanimado torcedor carioca vem perdendo grandes partidas dentro de campo, com o futebol que devíamos ver em todos os cantos do país. As melhores partidas estão sendo disputadas no Rio. Enquanto muitos estados acompanham arrastados 1 a 0, no Rio é uma chuva de oportunidades e bolas na rede.

Os finalistas do Carioca, por exemplo, jogaram três vezes no ano e foram anotados impressionantes 15 gols. Duas vitórias vascaínas por 3 a 2 e  um triunfo botafoguense pelo mesmo placar. Sabe para quantas testemunhas? Nem 42 mil somadas.

Foram 12.647 presentes na fase de grupos da Taça Rio, outras 9.255 pessoas na semifinal da Taça Rio e, agora, 19.117 pagantes no primeiro jogo da decisão. Públicos "recordes".

Sem considerar a decisão, o Campeonato Carioca de 2018 teve média de público de 3.108 pagantes. O Flamengo, dono da maior torcida do Brasil levou 9.423 torcedores por partida, diante de 8.564 do Fluminense. Os finalistas decepcionaram no quesito: o Vasco com míseros 5.054 de média e o Botafogo com somente 4.200. Falta o último ato do campeonato, no domingo. Será que essa má impressão será apagada e teremos, enfim, um Maracanã lotado? Duvido.

Carioca só tem jogos legais, muitos gols, emoção, e torcida não vai nem na final