FUTEBOL

Clubes criaram Primeira Liga para peitar CBF, mas não prestigiam a competição

Author

No começo de 2016, clubes se uniram para criar a Liga Rio-Sul-Minas e disputar uma competição organizada por eles. Surgia a Primeira Liga, maneira de peitar a CBF e também uma fonte de renda nova. Em sua segunda edição, a competição é um fracasso por causa do próprio descaso das equipes.

Clubes criaram Primeira Liga para peitar CBF, mas não prestigiam a competição

Nesta semana, após quatro meses de pausa depois do fim da primeira fase, acontecem os duelos das quartas de final e os competidores mostram que "não estão nem aí" para os duelos.

Eliminado pelo Cruzeiro na Copa do Brasil, o Grêmio volta a encarar os mineiros fora de casa. Vingança? Renato Gaúcho já anunciou time reserva e nem mesmo ele estará no comando do time. Também sem empolgação, Mano Menezes estuda equipe alternativa no duelo.

Assim será com outros grandes, como Atlético-MG, Fluminense, Flamengo... O Rubro-Negro prova que a cabeça está em outro lugar ao viajar para Curitiba com jovens do sub-20 e o pouco aproveitado Conca. O Paraná agradece.

Campeão da primeira edição, o Fluminense lamenta ter de jogar nessa semana. Abel Braga queria fazer uma intertemporada de treinos nessa parada do Brasileirão para os jogos da seleção brasileira. Vai jogar a contragosto.

Paraná, Londrina e Internacional prometem seriedade. Mas também não conseguem convencer. Até o público na competição deixa bastante a decepcionar. Os estádios costumam estar às moscas. A chance é grande de a Primeira Liga terminar já esse ano e sem deixar saudades.