FUTEBOL

Corinthians pode ser campeão em uma semana. Graças a herói improvável

Author

O santista Ricardo Oliveira cravou sete vitórias seguidas de sua equipe. O palmeirense Moisés profetizou a volta do time à briga em Salvador. Ambos perderam e um herói improvável, que não marcava um golzinho sequer havia 13 meses, deixou o Corinthians com a enorme possibilidade de soltar o grito de heptacampeão brasileiro em uma semana.

Giovanni Augusto entrou no decorrer do segundo tempo, em Curitiba, sob desconfiança. Comentaristas de rádio ironizaram a substituição. E temeram o pior. Pois foi do pé direito do meia que figurou na lista de dispensas no início do ano que saiu o chute para o gol da apertada e gigantesca vitória sobre o Atlético-PR.

O 1 a 0 lembra um triunfo parecido na conquista do pentacampeonato em 2011, quando o também reserva e pouco aproveitado peruano Cachito Ramirez entrou e definiu o 1 a 0 diante do Ceará, no Castelão.

Graças ao gol de Giovanni Augusto e o tropeço dos concorrentes, o Corinthians pode fazer a festa diante do Fluminense, na quarta-feira. Antes, pega o Avaí, no sábado. Os dois jogos serão na Arena de Itaquera e, fazendo seu papel, bastaria ao Timão que o Grêmio tropeçasse uma vez.

O local para mais uma taça já pode ser reservado, o chope encomendado e a faixa bordada. É só o Corinthians fazer a lição de casa bem feita. Alguém desconfia?

Corinthians pode ser campeão em uma semana. Graças a herói improvável
Corinthians pode ser campeão em uma semana. Graças a herói improvável
Corinthians pode ser campeão em uma semana. Graças a herói improvável

Fotos: Cleber Yamaguchi/Agif