FUTEBOL

Cotado na seleção argentina, ex-São Paulo assume "má fase" e pede para não jogar

Author

Ano de Copa do Mundo, todos os jogadores querem estar em campo para mostrar aos respectivos treinadores de suas seleções que merecem a convocação. Pois na Argentina, um atacante bem conhecido dos são-paulinos e cotado para ser "surpresa" na relação dos hermanos fez caminho inverso e pediu para não jogar por "viver um momento ruim". É inacreditável e parece mentira. Ainda mais para quem foi "expulso" do Boca Juniors, teve passagem de apenas cinco jogos pela italiana Genoa e chegou como grande contratação. Trata-se do atacante Centurión, com passagem sem brilho pelo Morumbi e que esperava ressurgir ao ganhar chance do Racing. Ele até tem tudo para brilhar no clube, mas sua sinceridade impressionou. Justamente na semana em que recebeu visita do técnico Jorge Sampaoli, da seleção argentina, o atacante foi corajoso em admitir que merecia ficar na reserva após péssimo desempenho diante do Unión pela Superliga Argentina. "Se não me sinto bem, tem que dar a possibilidade a outro companheiro que está 100%. Se tivesse que me dar uma nota, colocaria sete ou oito, mas não sinto isso, falta futebol”, admitiu, em entrevista à Fox da Argentina. Ele informou ao técnico Eduardo Coudet que vai treinar forte para mostrar que não foi a principal contratação do ano no Racing à toa. E quer voltar com tudo. "Joguei de forma horrível outro dia. Não encontrava espaço, a bola passava por mim de qualquer forma. Saí de campo com raiva, por isso vou trabalhar mais do que nunca essa semana", garantiu. É o que todos esperam.

Cotado na seleção argentina, ex-São Paulo assume
Cotado na seleção argentina, ex-São Paulo assume

Fotos: Divulgação/Racing