FUTEBOL

Cristiano Ronaldo dá vitória sem brilho a Portugal, que elimina o bravo Marrocos

Author

Futebol é engraçado e imprevisível. Apontada como melhor seleção da África, Marrocos jogou muito contra o Irã e também diante de Portugal, perdeu ambas por 1 a 0 e oficialmente foi a primeira seleção eliminada na Copa do Mundo da Rússia. No estádio de Luzhniki, em Moscou, palco da abertura e da final, pressionou muito a badalada esquadra portuguesa, mas acabou derrotada graças a um gol do gênio Cristiano Ronaldo.

Cristiano Ronaldo dá vitória sem brilho a Portugal, que elimina o bravo Marrocos
Cristiano Ronaldo dá vitória sem brilho a Portugal, que elimina o bravo Marrocos

Mais uma prova que não se deve provocar o melhor jogador do mundo. Os torcedores marroquinos passaram os minutos que antecederam o confronto provocando o gajo. A todo momento soltavam o grito de "Messi, Messi", lembrando do argentino, o grande rival do camisa 7 na atualidade.

A resposta? A primeira chance  portuguesa foi um cruzamento para a área num escanteio logo aos 4 minutos. Na direção de Cristiano Ronaldo, a bola só poderia terminar nas redes, com cabeçada de centroavante, o famoso "estou aqui" e um belo cala a boca para os provocadores.

Foi o 85° gol de CR7 com a camisa portuguesa, tornando-se o maior artilheiro de todas as seleções da Europa. E o sétimo em Copas. Mais dois e se iguala ao lendário português Eusébio, destaque em 1966. Gol cedo, apresentação de gala? Pelo contrário.

Disposto a repetir a zebra de 1986, quando marcaram 3 a 1 em Portugal,  os marroquinos levaram perigo com o experiente Benatia, de cabeça. Rui Patrício defendeu. Os africanos atacaram bastante nos primeiros 45 minutos, mas quem teve a chance de ouro de marcar foi o atacante Guedes. Ele recebeu de Cristiano Ronaldo e, cara a cara, chutou nas mãos do goleiro.

Quem poderia apostar num jogo de Marrocos no ataque e Portugal na defesa, encolhido e se segurando de qualquer maneira? Nem o maior dos otimistas. Mas essa foi a tônica na partida.

E, no 18° jogo na Rússia, foi registrado o primeiro grande milagre. Após sofrer três da Espanha, Rui Patrício não queria ser vazado novamente e voou para espalmar uma difícil cabeçada de Belhanda. Certamente uma das mais bonitas defesas de todas as Copas.

Portugal provou que não é apenas a seleção de Cristiano Ronaldo. Desta vez o gajo tem de dividir os louros da vitória com o goleiro, que fechou a casinha lá atrás. Mas também revelou que precisa melhorar bastante se quiser ir longe. A apresentação bastante discreta preocupa. Já Marrocos mostrou que merecia mais na competição.

Cristiano Ronaldo dá vitória sem brilho a Portugal, que elimina o bravo Marrocos
Cristiano Ronaldo dá vitória sem brilho a Portugal, que elimina o bravo Marrocos