FUTEBOL

Cruzeiro e Botafogo revertem vantagem de rivais e são campeões. Ceni perde

Author

O grito de campeão ecoou pelos quatro cantos do país neste domingo, com grandes viradas, times desencantando após longo jejum, treinador contestado erguendo título e ex-são-paulino dando a primeira volta olímpica. Mas não foi Rogério Ceni, batido na decisão do Cearense. Milton Cruz foi quem fez a festa, no Catarinense. A virada mais "complicada" aconteceu no Campeonato Mineiro. Muitos achavam difícil uma reviravolta do Cruzeiro após 3 a 1 para o Atlético-MG no Independência com grande apresentação de Ricardo Oliveira. Mano Menezes foi questionado, Otero chegou a provocar e acabou recebendo o "troco" após a decisão no Mineirão. A Raposa mostrou que não fez a melhor campanha por acaso. Com gols de Arrascaeta e Thiago Neves, devolveu a derrota e confirmou o título. Robinho aproveitou para ironizar as provocações de Otero.

Cruzeiro e Botafogo revertem vantagem de rivais e são campeões. Ceni perde

Outra conquista suada e de virada veio no Campeonato Carioca. Num Maracanã finalmente lotado, o Vasco deixou escapar a taça nos acréscimos, quando Carli fez 1 a 0 e mandou a decisão para pênaltis. Gatito Fernández defendeu duas cobranças e o Botafogo ergueu a taça.

Cruzeiro e Botafogo revertem vantagem de rivais e são campeões. Ceni perde

No Campeonato Paranaense, o Atlético-PR, com seus meninos, não se intimidou com a vantagem do Coritiba e garantiu mais um troféu ao Furacão. Depois de 1 a 0 fora, fizeram 2 a 0 e ergueram a taça.

Cruzeiro e Botafogo revertem vantagem de rivais e são campeões. Ceni perde

Fácil, fácil, foi o desencanto do Grêmio no Campeonato Gaúcho após oito anos.  O Tricolor dos Pampas vinha de ótima vantagem de 4 a 0 e voltou a golear, agora por 3 a 0. De quebra ainda ouviu o técnico Renato Gaúcho dizer "não" ao convite do Flamengo. Outro que não celebrava título há um bom tempo era o Náutico. O Timbu não era campeão pernambucano desde 2004. O incômodo jejum chegou ao fim com 2 a 1 no Central de Caruaru.

Cruzeiro e Botafogo revertem vantagem de rivais e são campeões. Ceni perde

Dois ex-técnicos do São Paulo podiam dar volta olímpica neste domingo. E ambos precisavam de boas vitórias para isso. Pelo Catarinense, Milton Cruz confirmou o ótimo trabalho no Figueirense ao acabar com a invencibilidade da Chapecoense na Arena Condá. Com 2 a 0, o Figueira celebrou seu 18° Catarinense. Já Rogério Ceni... O ex-goleiro e agora comandante do Fortaleza foi chamado de "burro" na derrota por 2 a 1 no jogo de ida da final do Cearense e prometia volta por cima na volta. Nova derrota pelo mesmo placar para o Ceará e a festa acabou sendo do Vozão.

Cruzeiro e Botafogo revertem vantagem de rivais e são campeões. Ceni perde

Em outros estados também tivemos campeões. O contestado técnico Guto Ferreira, do Bahia, conquistou o Campeonato Baiano com mais um triunfo sobre o Vitória, agora no Barradão, por 1 a 0 e o Goiás levou o Goiano superando a Aparecidense, o Remo ganhou o Paraense em cima do Paysandu.

Cruzeiro e Botafogo revertem vantagem de rivais e são campeões. Ceni perde

Pensa que acabou? O Cuiabá levou o Matogrossense, deu Operário no Mato Grosso do Sul, Botafogo, na Paraíba, Motoclub, no Maranhão, ABC no Rio Grande do Norte, em Maceió o CSA desbancou o CRB, no Distrito Federal a taça é do Sobradinho. Respira que está acabando. O Serra levou no Espírito Santo, deu Manaus no Amazonense e Rio Branco, no Acreano.