FUTEBOL

Frustração inédita! Pernambuco pode chorar o rebaixamento de seus três grandes

Author

É bastante acirrada a rivalidade entre os times grandes de Recife. E os torcedores adoram trocar "provocações". Mas nesse momento... Os três estão abraçados na mesma dor e podem amargar uma frustração inédita: todos correm risco sério de rebaixamento em suas divisões do Campeonato Brasileiro.

O ano do futebol pernambucano pode terminar com a amarga dor da queda e sem nenhum representante na elite para 2018. Abriu 2017 com dois querendo retornar à elite e um disposto a fazer bonito. No campo, contudo...

Campeão pernambucano, o Sport só não está na zona de rebaixamento da Série A graças a um gol salvador de pênalti, feito por André aos 52 minutos do jogo diante da Chapecoense. O empate por 1 a 1 deixou a equipe com um ponto a mais que o Vitória, primeiro na zona de degola.

Luxemburgo foi demitido sob alegação que o time não respondia sob sua direção. Saiu e os resultados permanecem inalterados. E ruins. A queda parece inevitável.

O Leão está na UTI, mas com chances de escapar do vexame. Já os rivais Santa Cruz e Náutico estão "respirando com ajuda de aparelhos" e praticamente "entregues" na Série B. Restando cinco rodadas, os dois devem morrer abraçados.

A Cobra Coral chegou a rondar a zona de acesso e parecia que disputaria a volta à elite um ano após cair. Mas a boa fase do começo de 2017 foi-se pelo ar, os resultados positivos sumiram e agora são sete pontos atrás do primeiro a escapar da queda.

O Náutico fez uma competição ainda pior, figurando na lanterna em quase todas as rodadas e jamais deixando a faixa perigosa. Está no 19° lugar, com um ponto a menos que o Santinha. Uma pena.

Frustração inédita! Pernambuco pode chorar o rebaixamento de seus três grandes