FUTEBOL

Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos

Author

A seleção brasileira virou motivo de chacota nos últimos anos, perdeu o respeito dos adversários e amargou o vexame dos 7 a 1 da Alemanha em sua Copa caseira. Foram sete anos de amarguras até, enfim, recuperar a hegemonia mundial e voltar ao topo do ranking da Fifa. E motivos não faltam para essa volta por cima.

Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos

A primeira seleção classificada para a Copa do Mundo da Rússia em 2018 precisou de um divã. Passou por reformulação, trocou comando técnico e filosofia para finalmente ultrapassar a rival Argentina e aparecer no primeiro lugar que fez por merecer figurar.

A chegada do técnico Tite é um dos pontos altos para a volta da alegria, do bom futebol e das vitórias. Ele resgatou a confiança da torcida, que agora não deixa de torcer pelo esquadrão verde-amarelo.

Com pouco mais de um ano para novo Mundial, muita gente já esfrega as mãos com a possibilidade de conquista do hexacampeonato em solo russo. Veja 6 motivos para a volta ao topo do ranking da Fifa e da confiança do brasileiro:

Chegada de Tite

Treinador foi contratado para a vaga de Dunga e rapidamente implementou sua filosofia segura, vitoriosa e eficiente na seleção.

Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos

Menos pressão em Neymar

Tite acabou com a "Neymar dependência", diminuiu a pressão sobre o craque da equipe e o jogador agora se destaca nas partidas sem aquela cobrança de ter de fazer a diferença. Todos são importantes e desta forma os astros se destacam.

Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos

Esquema tático

Se antes a seleção era pragmática e não impunha respeito aos rivais, agora a história é diferente. A equipe joga sempre em cima dos rivais, pressionando e laterais e volantes têm total liberdade para atacar.

Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos

Série de vitórias

Desde a chegada de Tite, foram só vitórias. A série de nove triunfos seguidos, oito nas eliminatórias, conduziram o país ao topo do ranking.

Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos

Confiança

Os jogadores estão mais confiantes para defender a seleção. Ganharam respaldo dos dirigentes e comissão técnica e até quando erram recebem palavra de incentivo para continuar fazendo o seu melhor. Isso deixa o grupo todo "ligado".

Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos

Reformulação do grupo

Nova direção, novos jogadores. Nomes como David Luiz, Luiz Gustavo, Elias e Hulk não fazem mais parte dos planos. Marquinhos, Paulinho, Casemiro, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus entraram muito bem não apenas no grupo, mas na equipe titular.

Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos
Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos
Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos
Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos
Gigante: 6 motivos que levaram o Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos