FUTEBOL

Goleiro do Liverpool sofreu concussão antes de falhar em gols na final

Author

Nada vai tirar o 13° título do Real Madrid da Champions League, mas para quem crucificou as falhas de Karius, do Liverpool, duas semanas depois vem a explicação: após se chocar com o zagueiro Sérgio Ramos (sempre ele), o goleiro sofreu uma concussão cerebral, o que dificulta a disfunção da visão e atrapalha na performance em alto nível de atletas.

A trombada entre o "zagueiro anjo" (ele alega que nunca faz nada) e o goleiro ocorreu antes dos gols da partida, já na segunda etapa. Portanto, Karius foi crucificado mesmo jogando com uma lesão grave e séria. E não é desculpa de perdedor. O diagnóstico vem dos médicos do hospital de Massachusetts, dos quais ele recebeu atendimento e passou por exames alguns dias após a decisão.

"Após cuidadosa revisão de imagens do jogo, exames físicos e medições, concluímos que o Sr. Karius teve uma concussão durante a partida (contra o Real Madrid)", informou, em nota, o hospital.

O Liverpool desconfiou de uma lesão grave com seu goleiro e optou por levá-lo aos Estados Unidos para ser avaliado pelo doutor Ross Zafonte, responsável por tratar atletas da NBA que sofrem traumas na cabeça - são imediatamente retirado das partidas. E o diagnóstico foi o imaginado: Karius sofreu concussão e levou os gols sem estar bem clinicamente.

Na final tão esperada, ele não teve reflexo ao sair jogando uma bola e entregou-a nos pés de Benzema para sofrer o primeiro gol. Depois não conseguiu segurar um chute defensável de longa distância no terceiro do Real Madrid. Tudo por causa da dificuldade em enxergar após a lesão. Sérgio Ramos, sem culpa, como sempre alega, conseguiu tirar o astro Mo Salah da decisão e machucar o goleiro.

Goleiro do Liverpool sofreu concussão antes de falhar em gols na final