FUTEBOL

Jair Ventura se irritou com rótulo de quarta força. Seu Santos consegue ser pior

Author

Jair Ventura ficou muito irritado no começo do ano com o então corintiano Fábio Carille por uma possível insinuação que o seu Santos era a quarta força paulista. Esbravejou, mandou indiretas e prometia mostrar em campo o contrário. Passados cinco meses do ano, sua equipe consegue ser bem pior. Derrotas em série, futebol carente, time na zona de rebaixamento do Brasileirão e torcedores descontentes com o seu trabalho.

Jair Ventura se irritou com rótulo de quarta força. Seu Santos consegue ser pior

São cinco jogos sem vitórias, 13 derrotas em 31 partidas disputadas e, o pior, com o time sendo presa fácil para os oponentes, como nos 2 a 0 para o não menos instável Atlético-PR. A torcida já perdeu a paciência com o treinador e escolheu uma maneira sutil para pedir sua cabeça: santistas prometem não acompanhar jogos do time enquanto Jair Ventura for o comandante. Vamos ver se cumprem a promessa diante do Vitória, na Vila Belmiro.

O jogo de domingo parece ser o divisor de águas para o técnico. Em Curitiba, após nova derrota, ele ouviu que segue "prestigiado" e que o trabalho é "a longo prazo". Duvido a torcida dar esse respaldo em caso de novos deslizes.

O mais curioso: Renato Gaúcho, ano passado, apelou para um drone para espionar um treino do Botafogo, então de Jair Ventura, antes de jogos decisivos. O santista não se esquece e detona seu próprio técnico. "Queria ver o quê?"

Já escrevi e reintero, mudanças de treinadores não fazem bem ao futebol. Mas no caso de Jair Ventura, acho que seria bom para ambos os lados. Ele não pedirá demissão e cravou isso. Os dirigentes que pensem bem antes que seja tarde demais.