FUTEBOL

Jô tem estreia dos sonhos no Japão e merece estar nos últimos testes para a Copa

Author

Tite já confirmou 16 nomes para a Copa do Mundo da Rússia. Restam, portanto, sete vagas. A convocação do dia 2 para os últimos amistosos antes da relação definitiva e, nela, o atacante Jô merecia figurar - jamais foi lembrado pelo treinador. E não apenas pela grande temporada que teve em 2017, mas por manter o ritmo e ter estreia dos sonhos no Japão.

Principal responsável pela conquista do Brasileirão pelo Corinthians, ao fechar na artilharia com 18 importantes e decisivos gols, o artilheiro se mantém cirúrgico, agora do outro lado do planeta.

No primeiro jogo oficial pelo Nagoya Grampus na J-League, uma pedreira logo de cara: visita ao favorito Gamba Osaka. Jogão bastante disputado, lá e cá e com o centroavante sendo o destaque.

Dos pés de Jô saíram assistência para um dos gols e o tento decisivo da vitória por 3 a 2. Belo cartão de visitas aos japoneses e recado a Tite: "Estou aqui".

Jô não imaginava uma adaptação tão meteórica no Japão. Além da bela estreia, ele já vinha fazendo a diferença nos amistosos da pré-temporada. Mesmo com rivais de menor tradição (três da Tailândia e dois do Japão), ele fez cinco gols, um em cada oponente.

Quer média melhor? Um gol por jogo é algo surreal nos dias de hoje. Para uma seleção que já testou tantos nomes, Jô deveria também ganhar sua chance. Por méritos, aliados à má fase de Diego Souza, um dos cotados à vaga de reserva de Gabriel Jesus - recuperando-se de lesão, terá pouco tempo para recuperar ritmo até o Mundial.

Tite sempre pregou lealdade em suas listas, mas nunca deixou de exaltar o merecimento. Tem centroavante em momento mágico melhor que o de Jô? Fica a dica.

Jô tem estreia dos sonhos no Japão e merece estar nos últimos testes para a Copa
Jô tem estreia dos sonhos no Japão e merece estar nos últimos testes para a Copa

Fotos: Twitter/Nagoya Grampus