FUTEBOL

Messi vê Brasil, Espanha e Alemanha favoritos na Copa, para desespero argentino

Author

Messi não é mais o mesmo. Talvez frustrado e calejado com tanta decepção em Copa do Mundo, ele resolveu mudar o tom antes da competição e deixar sua seleção fora das favoritas à conquista. Se antes ele sempre era otimista e só falava em levantar a taça, agora admite haver rivais bem mais preparados, para desespero dos argentinos.

Messi vê Brasil, Espanha e Alemanha favoritos na Copa, para desespero argentino

Se até Messi murchou, como será a confiança num grupo no qual todas as esperanças recaem sobre o camisa 10? Pode ser, quem sabe, um blefe. Mas vejo muita sinceridade nas palavras do craque.

Messi parece cansado de criar expectativas exageradas ao torcedor e depois carregar todo o peso nas costas por uma frustração. A cobrança só recai no craque. Assim, ciente que novamente terá de "levar o país nas costas", ele joga a maior responsabilidade de título em Brasil, Espanha e Alemanha. Prefere correr por fora.

"Neste momento, algumas seleções estão melhores que nós e temos de ser realistas. Mas temos que ir em busca do sonho, seja qual seja o rival", afirmou, citando os rivais como os confirmados fortes à taça na Rússia. E a Argentina? "Vamos lutar, porque temos jogadores para nos dar esperanças. Mas temos que ir jogo a jogo."

O camisa 10 não pensa alto justamente pelo nível dos rivais da chave. Ele elogia a surpresa Islândia e não desdenha da força de Nigéria e Croácia. Dia desses Maradona afirmou que não via a Argentina indo longe e Messi parece "endossar" as palavras do ex-jogador. "Não podemos passar a mensagem de que somos os melhores, porque não é assim."

Nada de jogar a toalha, porém. Desta vez, contudo, Messi opta pela boa e velha cautela. Quem sabe sem tanto alarde, a Argentina não ande mais que o previsto? A camisa é pesadíssima, mas o futebol apresentado, não.