FUTEBOL

Movido a tapas: Santos goleia após torcida invadir CT. Reação ou medo?

Author

A violência é inadmissível em toda e qualquer situação. No futebol, por parte de torcedores, algo que não devia ser nem cogitado. Mas algumas pessoas parecem ainda viver no mundo da pedra é só sabem resolver as coisas no tapa. Santistas invadiram o treino do time no sábado e, curiosamente, a equipe goleou o Vitória e deixou a zona de rebaixamento do Brasileirão. A demonstração de reação, ou mesmo medo, agora vai deixar os agressores ainda mais donos de si.

Movido a tapas: Santos goleia após torcida invadir CT. Reação ou medo?

Como uma "mulher de malandro", o Santos parece ter sido motivado no tapa. Assim os vulgos "organizados" vão se gabar. O famoso "fomos lá botar o terror e o time jogou". Nada disso. O Santos tem ótimos bom valores e quando o futebol ofensivo "encaixa", o resultado vem. Se o adversário for frágil, então...

Os vândalos transvestidos de torcedores não precisavam invadir o local de trabalho dos jogadores. Se fosse necessário, cobrassem com vaias nas arquibancadas. Mas quiseram "aparecer" antes de um jogo no qual a equipe era França favorita.

Num duelo contra a zona de degola, na Vila Belmiro, óbvio que o Santos tinha totais condições de ganhar. Assim o fez, em tarde inspirada do menino de ouro Rodrygo. Fez 5 a 2, respirou aliviado e chega motivado ao clássico com o Corinthians. Por suas próprias forças e não pela babaquice de alguns espertões.