FUTEBOL

Presidente do Cruzeiro exagera ao definir a festa da torcida no Rio. E quer mais

Author

O presidente do Cruzeiro ficou tão, mas tão encantado com a festa que os cruzeirenses fizeram no Maracanã no jogo de ida das finais da Copa do Brasil, que exagerou ao definir a dimensão do espetáculo. E na hora de convocar os torcedores para nova demonstração de amor ao clube na decisão de quarta-feira, diante do Flamengo, ele revelou uma 'estranha sensação' que sentiu no Rio.

Presidente do Cruzeiro exagera ao definir a festa da torcida no Rio. E quer mais

Gilvan de Pinho é do tipo 'simplão', aqueles dirigentes que falam o que vem na hora, sem pensar nas consequências, e ao gravar um vídeo convocando a torcida, revelou que a festa no Rio "foi de arrepiar o cabelo do c..."

"Amigos, façam aqui no Mineirão o que fizeram no Rio de Janeiro. Foi a coisa mais linda que vi até hoje, a torcida do Cruzeiro calar a do adversário em pleno Maracanã, fazendo um papel bonito", disse, antes da frase desastrosa e ao mesmo tempo hilária.

Presidente do Cruzeiro exagera ao definir a festa da torcida no Rio. E quer mais

Fotos: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Gilvan espera registrar o maior público do Cruzeiro no ano. O recorde foi no duelo contra o Grêmio na semifinal, com 55.227 presentes. Para o jogo da taça foram colocados à venda 62 mil e devem se esgotar. Mas o dirigente não precisa "apelar" não é mesmo? Veja sua game para convocar a multidão azul de Minas: