FUTEBOL

Reinaldo foi "expulso" do São Paulo pela torcida, que se rende e aplaude lateral

Author

A temporada de 2015 foi inesquecível para Reinaldo. Da pior maneira possível. Jogos no Morumbi e a cada toque dele na bola, a própria torcida o vaiava. Sem grandes motivos, ele se tornou o patinho feio daquele decepcionante ano e foi "expulso" do clube. O Tricolor deu show diante do Corinthians, nos embalos de sábado à noite, e o são-paulino se rendeu ao aplaudir o lateral de pé com três anos de atraso.

Gente boa e profissional exemplar, Reinaldo finalmente sentiu o gostinho da redenção no Morumbi. Com totais méritos. Ele foi o comandante da ótima vitória sobre o arquirrival Corinthians ao anotar dois gols na vitória por 3 a 1 que acabou barata para o atual campeão tamanha a superioridade do vice-líder.

Reinaldo sempre jurou dar a volta por cima com a camisa tricolor. Mesmo passando as temporadas de 2016 e 2017 emprestado para Ponte Preta e Chapecoense, respectivamente.

Com o time catarinense, por sinal, voltou a sofrer com a ira dos são-paulinos no Morumbi. Estava do lado oposto e desde o apito inicial era vaiado ao encostar na bola. Fez gol, mostrou respeito e viu o São Paulo fazer questão que ele voltasse. Chegou como reserva e precisando buscar seu espaço.

Aos poucos, com belas apresentações, foi se firmando e dando passos largos em sua redenção. Certamente com os dois gols diante do Corinthians e os aplausos, ele ganhará um respiro naquela que foi uma das mais terríveis perseguições de torcida a um jogador. Reinaldo pode não ser craque, mas é guerreiro e merece uma trégua. Que o bom momento dure e ele seja feliz na casa que escolheu se firmar.

Reinaldo foi "expulso" do São Paulo pela torcida, que se rende e aplaude lateral