FUTEBOL

Rodriguinho, pesadelo do Palmeiras em 2018. Três vitórias do Timão com gol dele

Author

Existem jogadores que parecem gostar e se sentir (muito) bem ao enfrentar determinados times, se transformando em verdadeiros fantasmas para torcidas rivais. Por um tempo, os palmeirenses não podiam ouvir o nome do corintiano Romarinho, e agora um quase homônimo, Rodriguinho, é quem faz a alegria do Timão e causa calafrios aos fãs do Verdão. Apenas em 2018, o camisa 26 garantiu três vitórias do Alvinegro no dérbi paulista.

Rodriguinho, pesadelo do Palmeiras em 2018. Três vitórias do Timão com gol dele

Foram quatro confrontos entre os arquirrivais nessa temporada. O Palmeiras ganhou só uma, por 1 a 0. As outras foram todas vitórias corintianas, com quatro gols marcados, três dos pés do destaque do Timão no ano.

Com a saída de Jô, no começo de 2018, ficou uma questão a ser resolvida no Corinthians: quem assumiria o papel de artilheiro sem a contratação de um centroavante (Roger só chegou agora)?

Fábio Carille optou por escalações com meias mais avançados e Rodriguinho se tornou um "achado" escalado com mais liberdade e avançado. Para se ter noção do quanto deu certo o meia em sua nova posição, basta ver o tanto de gols que já fez na temporada: estamos no começo de maio e ele já igualou os 10 marcados em 2017.

No século, Romarinho jogou quatro vezes contra o Palmeiras e marcou incríveis cinco gols. Uma média dura de ser batida, com 1,25 por partida. Mas no número de gols, Rodriguinho, com três, pode muito bem passá-lo, já que as equipes podem se enfrentar em outras cinco oportunidades só em 2018 (segundo turno do Brasileirão, com certeza, além de possibilidades de duelos nos mata-matas de Copa do Brasil e Libertadores).

Rodriguinho desencantou diante do rival em Itaquera, na primeira fase do Paulistão, com uma pintura. Ele deixou dois palmeirenses no chão antes de vencer o goleiro Jailson. Aquela derrota por 2 a 0, por sinal, marcou o primeiro revés do goleiro no clube. No segundo jogo da final do Estadual, quando ninguém imaginava um triunfo corintiano, o meia apareceu mais uma vez e calou o Allianz Parque. Agora surgiu bem colocado para concluir a ótima assistência de Maicon.

O corintiano está rindo à toa com a fase decisiva do, agora, "Reidriguinho". O palmeirense, de cabeça inchada com mais um revés de dérbi, nem pensa em ouvir o nome do meia rival. E torce para encontrar alguém em seu grupo que também possa assombrar os oponentes. Candidatos não faltam.

Rodriguinho, pesadelo do Palmeiras em 2018. Três vitórias do Timão com gol dele
Rodriguinho, pesadelo do Palmeiras em 2018. Três vitórias do Timão com gol dele
Rodriguinho, pesadelo do Palmeiras em 2018. Três vitórias do Timão com gol dele