FUTEBOL

Sampaio Corrêa segura o Bahia, cala estádio cheio e ergue a Copa do Nordeste

Author

O Maranhão está em festa, sem dia para acabar. Pela primeira vez na história um time do estado conquista a cobiçada e tão disputada Copa do Nordeste, carinhosamente apelidada de Lampions League, alusão à principal competição de clubes na Europa. O Sampaio Corrêa segurou o Bahia, calou a lotada Fonte Nova e deu a volta olímpica com heróico empate por 0 a 0.

O título veio graças à vitória por 1 a 0 no jogo de ida e apresentação de gala do goleiro Andrey na Fonte Nova. O camisa 1do Bolívia, apelido carinhoso do time do Maranhão, fechou o gol na forma não, repetindo as belas atuações diante de outros favoritos, nas quartas e também na semifinal.

Diante de mais de 45 mil pessoas na Fonte Nova, o Bahia era o grande favorito à conquista. Ainda mais diante de um rival que está na zona de degola da Série B. Mas os maranhenses foram valentes e se seguraram de qualquer maneira na defesa, a melhor da Copa do Nordeste, com somente quatro gols sofridos, para erguer a inédita é tão sonhada taça após 14 edições sem brilho.

A campanha foi impecável do Sampaio Corrêa, que derrubou o Vitória, maior campeão da competição com 4 troféus, nas quartas, e o ABC na semifinal. Presente em sete finais, o Bahia foi o adversário superado na final. Parabéns ao glorioso Sampaio Corrêa.

Sampaio Corrêa segura o Bahia, cala estádio cheio e ergue a Copa do Nordeste
Sampaio Corrêa segura o Bahia, cala estádio cheio e ergue a Copa do Nordeste