Santos demite Dorival Jr e nenhum time da Série A tem técnico há mais de um ano

Santos demite Dorival Jr e nenhum time da Série A tem técnico há mais de um ano

Collection A Bola Pune

A torcida pressionou, pichou a sede do Santos e o presidente Modesto Roma cedeu, demitindo o técnico Dorival Jr neste domingo. Com a saída do treinador, no clube desde 2015, agora nenhuma equipe da Série A do Brasileirão tem um comandante efetivado há mais de um ano. Dorival era o técnico com mais tempo em um clube, mas vinha bastante questionado pela temporada irregular do Santos - caiu nas quartas do Paulista, está mal no Brasileirão e sem jogar bem - e não suportou à derrota no clássico diante do Corinthians.

Ele até tentou argumentar que a equipe avançou na Copa do Brasil e na Libertadores, mas não convenceu. Problemas de relacionamento com alguns jogadores também teriam pesado contra. Após Dorival o mais longevo treinador em atividade na Série A era no nanico Atlético-GO. O pressionado Marcelo Cabo assumiu os goianos em maio de 2016 para a disputa da Série B, da qual acabou campeão. O bom trabalho não se repetiu na elite, onde o time é o lanterna, e ele acabou pedindo demissão após a quarta derrota seguida.

O topo agora está com Zé Ricardo, do Flamengo. Ele assumiu o Rubro-Negro de forma interina no fim de maio de 2016, enquanto Muricy Ramalho tratava sua saúde, e está efetivo no cargo desde julho, ou seja, há 11 meses.

Jair Ventura assumiu o Botafogo em agosto do ano passado, enquanto Abel Braga chegou ao Fluminense no início de 2017 e Milton Mendes substituiu Cristóvão Borges há pouco mais de dois mês no Vasco.

No futebol paulista, Fábio Carille (Corinthians) e Rogério Ceni (São Paulo) iniciaram o ano, enquanto Cuca acaba de chegar ao Palmeiras e Gibson Kleina já é o segundo comandante da Ponte Preta no ano.

Mano Menezes retornou ao Cruzeiro em julho do ano passado para recuperar o time de um início ruim no Brasileirão com Paulo Bento. No Sul, Renato Gaúcho também chegou no meio da Série A passada para apagar incêndio. Substituiu Roger Carvalho, que perdeu a confiança da diretoria e dos torcedores do Grêmio. Ele caiu no clube gaúcho e agora está no Atlético-MG desde janeiro.

Atlético-PR, Vitória, Bahia e Sport acabam de trocar de comando, enquanto a líder Chapecoense está sob direção de Wagner Mancini desde o início do ano após a tragédia que vitimou Caio Junior e quase todo o elenco no fim do ano.

Pachequinho está no comando do Coritiba desde a saída de Paulo César Carpegiani, em março, como interino pela terceira vez, enquanto o Avaí é dirigido por Claudinei Oliveira desde agosto de 2016.

Be the first to like it!

People also liked

Related stories
1.Insomnia
2.Making us come is the gift that keeps on giving
3.11. Keepers popped into near-earth orbit, checking for his energy signature
4.What's in a Name...
5.Bridesmaids
6.Do this when you hear Starman
7.1. The gift that some MBA-enhanced suit hopes will keep on giving
8.8) Innate primitivity may be a bridge too far
9.5 Big-Money Blockbusters That Didn’t Really Deserve It
10.Golden Globe Awards Throw Up Surprise Winners
500x500
500x500