FUTEBOL

São Paulo não engrena e Dorival Jr tem de "engolir" reforços fora de seus planos

Author

Duas derrotas, um empate e somente uma vitória nos quatro jogos oficiais no ano. O São Paulo de Dorival Júnior até jogou bem o clássico com o Corinthians, mas não o suficiente para merecer vencer e mostra dificuldades para engrenar. Para piorar o clima já intranquilo, o treinador revelou que os reforços de Tréllez e Nenê vieram sem sua indicação. Ele até elogiou os nomes, que terá de "engolir". Ao falar abertamente sobre o assunto no vestiário do Pacaembu, o treinador entrou numa desnecessária rota de colisão com a diretoria. E como a corda sempre quebra para o lado do comandante na beira do campo... Dorival se colocou na berlinda à toa. Sua sorte é que Raí e Ricardo Rocha são "crias do futebol" e não gostam da cultura feia do nosso futebol de trocar treinadores por qualquer coisa. Porém, é bom Dorival adotar o lema de "boca fechada não entra mosquito". Os dirigentes estão sofrendo para reconstruir o Tricolor, e harmonia de todos é vital. Então, frases como essas são desnecessárias: "Tréllez e Nenê são grandes jogadores, opções apresentadas pela diretoria, opções de mercado. Estávamos trabalhando outros nomes, com outras funções, mas são jogadores que vêm para qualificarmos o grupo. Espero que cheguem bem e façam uma grande competição". Se já estão contratados e não há mais volta, melhor seria que Dorival "engolisse" calado para evitar uma má digestão num início de reconstrução. O tempo dirá quem estava certo.

São Paulo não engrena e Dorival Jr tem de
São Paulo não engrena e Dorival Jr tem de

Fotos: São Paulo FC