Seleção de fracassos na Inglaterra tem representante brasileiro. Saiba quem é

Seleção de fracassos na Inglaterra tem representante brasileiro. Saiba quem é

Fábio Hecico 2 years ago

Depay acaba de ser negociado pelo Manchester United ao francês Lyon. Sai pela metade dos 35 milhões de euros investidos pelo clube há 18 meses. É mais um jogador estrangeiro a fracassar no futebol inglês. O holandês chegou a peso de ouro e sob imensa expectativa nos Diabos Vermelhos. Mas nunca conseguiu se firmar e acabou sendo deixado de lado pelo técnico José Mourinho. Agora tentará decolar na França.

Na liga mais rica e disputada do planeta, Depay é mais um candidato para a seleção dos grandes fracassos. Assim como ele, outros tantos decepcionaram na Premier League. E não pense que o Brasil ficaria fora do time dos 11 negócios frustrados do futebol inglês. Temos um representante de peso, o atacante Robinho, que não obteve êxito com a camisa do Manchester City. Conheça a seleção com as 11 contratações de peso que não deram certo na Premier League: Romero O goleiro da seleção argentina foi contratado para substituir De Gea em 2015. De cara se destacou pelos erros e com a permanência do espanhol, acabou encostado na reserva, com apenas 13 jogos disputados no clube.

Mangala O francês do Porto foi um dos defensores mais caros da história da Premier League. O City pagou 40 milhões de euros e após uma temporada já o usava como moeda de troca.

Boulahrouz O holandês foi um mero reserva sob o comando de José Mourinho no Chelsea. Preterido, acabou dispensado pelo clube, que teve de pagar 4 milhões pela dispensa.

Bogarde Limitou-,se a treinar e a cumprir contrato no Chelsea. Contratado do Barcelona, o defensor atuou apenas 12 vezes em quatro anos de clube, até se aposentar.

Rebrov Depois de formar uma das melhores duplas ofensivas com Shevchenko no Dínamo de Kiev, foi para o Tottenham para manter a fama de goleador. Disputou 60 jogos e anotou apenas 10 vezes na Premier League.

Schwensteiger Após o título mundial com a Alemanha, queria brilhar num novo centro e foi à Premier League. Chegou ao United e logo machucou o joelho. Com a chegada de José Mourinho, foi rebaixado para o time B até rescindir.

Di María O meia argentino estava em alta e com a faixa de campeão da Europa pelo Real Madrid. Despertou interesse do Manchester United, que pagou 80 milhões de euros para um jogador que nada fez na Inglaterra e saiu por 63 milhões para o PSG.

Robinho O atacante brasileiro brigou para sair do Real Madrid e chegar ao City. Foram investidos 42 milhões de euros para ele ser a estrela da trupe. Mas em dois anos de Inglaterra, Robinho fez somente 16 gols.

Kezman Então goleador da Holanda com 31 gols pelo PSV, foi um fracasso total no Chelsea, com apenas seis gols anotados em 30 aparições.

Shevchenko O ucraniano é idolatrado pelos torcedores do Milan até hoje, mas na Inglaterra... Chegou sob status de goleador, mas os 22 gols em dois anos foram considerados poucos no Chelsea.

Falcao Garcia Atacante colombiano foi artilheiro do Francês pelo Monaco, com 31 gols, e o United investiu pesado para contar com seus gols. Mas ele sofreu lesão grave e quando voltou pouco foi aproveitado. Também não brilhou no Chelsea.

Be the first to like it!

Comments