FUTEBOL

Sérgio Ramos ironiza lesões de rivais: "Se Firmino ficar gripado é culpa minha"

Author

Já se passaram 10 dias da decisão da Champions League entre Real Madrid e Liverpool, mas as polêmicas parecem sem fim. Todas com Sérgio Ramos envolvido. A notícia de que o goleiro Karius sofreu uma concussão no jogo após um choque com o defensor, o colocou novamente no centro das atenções: maldade ou coincidência? Ele se defendeu, mas apelando para a ironia.

Sérgio Ramos ironiza lesões de rivais: "Se Firmino ficar gripado é culpa minha"

"Estão dando muita bola ao tema de Salah. Não queria falar, mas vendo bem a jogada, ele pega primeiro meu braço, e eu caio do outro lado. Ele lesiona o outro braço, e dizem que lhe dei um golpe de judô. Depois o goleiro disse que estava abalado por um choque comigo. Só falta Firmino dizer que está resfriado porque caiu uma gota do meu suor nele", disparou o zagueiro, fazendo papel de coitadinho nos incidentes e se colocando como vítima.

De acordo com o capitão do Real Madrid, tudo o que acontece com ele ganha proporções grandes e sem razão. Ou seja, o zagueiro que já foi expulso 18 vezes apenas no Campeonato Espanhol é vítima de rivais que se machucam sem querer. Um baita cara de pau.

Sérgio Ramos ainda revelou um papo via mensagem com o egípcio, no qual teria ouvido que com uma infiltração, seria possível a volta no segundo tempo daquela decisão. Talvez até voltasse, mas baleado e com uma lesão. Detalhe: como o atacante receberia uma infiltração se a contusão ocorreu logo aos 22 minutos?

É, Sérgio Ramos, você precisa de melhores argumentos, pois a imagem que o mundo tem sua, está bem distante do santinho que quer se pintar. Melhor seria ter ficado calado.