FUTEBOL

Suécia atropela o México, fecha grupo em primeiro, mas ambos se classificam

Author

O que poucos acreditavam aconteceu no Grupo F. A Suécia entrou em campo necessitando de um triunfo, saldo de gols e ainda um tropeço da Alemanha. Numa apresentação de gala, os vikings passaram o carro nos mexicanos, com triunfo por 3 a 0 e, beneficiados pela improvável derrota alemã, não apenas avançaram como ainda fecharam a fase no topo do grupo.

Para quem jogava por um simples empate, os mexicanos flertaram com a eliminação após uma apresentação pífia. No fim do jogo, ainda ficaram apreensivos pois Alemanha e Coreia do Sul ainda rolava e ninguém sabia do primeiro gol coreano.

Enquanto suecos faziam a festa, os mexicanos aguardavam notícias de Kazan. Ao saberem dos gols de Kim e Son, explodiram de felicidade. Então sensação do grupo, tiveram de comemorar no sufoco.

Foi um jogo duro. Desde o primeiro minutos só deu Suécia. Chance mexicana, apenas num chute raspando de vela. Do mais, Berg desperdiçando oportunidades para os europeus e Ochoa fechando o gol. A primeira etapa até conseguiu segurar o 0 a 0.

Augustisson, aos 4, Granqvist, de pênalti, aos 16, e Alvarez, num dos gols contra mais ridículos das Copas, foram os autores da brilhante vitória sueca na segunda etapa.

Com o resultado arrasador, os suecos agora, esperam escapar de um confronto com o Brasil nas oitavas. Para isso, é necessário que os brasileiros avancem em primeiro ou sejam eliminados na primeira fase. Por enquanto, porém, só querem curtir a heróica classificação.

Suécia atropela o México, fecha grupo em primeiro, mas ambos se classificam
Suécia atropela o México, fecha grupo em primeiro, mas ambos se classificam
Suécia atropela o México, fecha grupo em primeiro, mas ambos se classificam
Suécia atropela o México, fecha grupo em primeiro, mas ambos se classificam
Suécia atropela o México, fecha grupo em primeiro, mas ambos se classificam