FUTEBOL

Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

Author

Palmeiras, Atlético-MG e Flamengo abriram a temporada como candidatos a ganhar tudo. Com elencos fortes e milionários, a aposta era que conquistariam títulos. Começaram mal, optaram por trocas de técnicos e os dois primeiros já viram Cuca e Rogério Micale provarem que as mudanças não surtiram efeito. Exemplo para o Rubro-Negro abrir o olho.

Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

No mundo do futebol é comum um treinador novo chegar e sacudir o elenco, fazer as coisas ACONTECEREM. Mas no caso de Palmeiras e Atlético-MG foi o contrário. Nada deu certo e os vexames se multiplicam.

Cuca 'tomou' o lugar da aposta Eduardo Baptista para recuperar o prestígio do time abalado com a eliminação no Paulistão. Pela frente tinha Brasileirão, por pontos corridos, e os mata-matas da Copa do Brasil e da Libertadores, o suprassumo verde.

E foi justamente nos jogos eliminatórios as grandes decepções. Duas quedas, para Cruzeiro e Barcelona do Equador, e crise instalada no Palmeiras.

Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

Foto: César Greco/Palmeiras

Roger Machado foi crucificado por não fazer o Galo render em alto nível e caiu. Rogério Micale nem bem chegou e já anda questionado. Tropeços no Brasileirão e queda nas oitavas da Libertadores diante do outrora saco de pancadas Jorge Wilsterman, da Bolívia.

Após o 0 a 0 que custou a vaga na Libertadores, em casa, o técnico campeão olímpico foi bastante criticado, ofendido até, e não estranhem se cair rapidamente.

Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Também fora da Libertadores, mas ainda sonhando na Copa Sul-Americana e na Copa do Brasil (está na semifinal), o Flamengo optou por se desfazer do prata-da-casa Zé Ricardo. Roger Machado era a primeira opção e disse "não" e agora o colombiano Reinaldo Rueda vai assumir o desafio. Já chega pressionado e sabendo que elenco forte e milionário não é garantia de título. Vide o exemplo dos rivais. Cuidado, Flamengo!

Trocas de técnico não adiantaram para Atlético-MG e Palmeiras. Cuidado, Flamengo

Foto: Divulgação